A gente vimos: The Flashpoint Paradox (Spoilers)

Justice-League-The-Flashpoint-Paradox-LineupEu curto bastante histórias com realidades alternativas de personagens consolidados. Acho muito massa o exercício de criatividade que é proposto, de tentar imaginar como estes personagens seriam se as coisas tivessem sido diferentes. Fora que estas histórias tem uma vantagem: você pode matar indiscriminadamente, sem se preocupar se o personagem é o protagonista da história ou o vilão clássico que não pode morrer. É por isso que, mesmo clichê, me interessa este tipo de narrativa nos quadrinhos.

Infelizmente a saga Flashpoint, da DC, que tinha essa vibe, acabou sendo na verdade uma escada para justificar o reboot da editora. Por essa razão fiquei bolado de saber que iam fazer uma animação. Será que fariam o mesmo no “universo” das animações da DC e rebotariam tudo?

Felizmente, a Warner foi mais esperta dessa vez. Não só Flashpoint não é um reboot DC animado como elimina esta parte da animação, o que a deixa bem mais redonda. E não é que a animação é bacana?

justice-league-the-flashpoint-paradox

Na história, para quem não sabe, Flash acorda um dia e descobre que o mundo não é o mesmo que ele conheceu: Sua mãe está viva, a Liga da Jutiça não existe mais, Cyborg é um super-herói do governo, Superman nunca apareceu publicamente, o Bátema é o Thomas Wayne e o mundo está prestes a ser o campo de batalha de uma guerra entre Atlantis e Temiscira.

Na animação, é claro, há algumas mudanças em relação a história original, mas não posso detalhar todas por que não li a saga em quadrinhos. Mas posso dizer que o desfecho da HQ, que inclui uma personagem pandora querendo que Barry corra para unir 3 linhas temporais (o Universo DC tradicional, a Vertigo e o universo Wildstorm) não acontece na animação. Ela é mais autocontida e funciona como um “episódio” na vida da Liga da Justiça mesmo, sem grandes consequências para os personagens no futuro (a não ser roupas diferentes – no caso, as do reboot).

Justice-League-Flashpoint-Paradox-09Jul2013_02

O grande mérito da história, que fica mais evidente na animação, que não tem a distração do “reboot”, é o velho debate sobre se os heróis devem usar seus poderes para satisfazer interesses pessoais. Na animação, a resposta é muito clara: existe um motivo pelo qual os super-heróis precisam de uma moral mais elevada em relação às pessoas comuns: por que qualquer decisão tomada para benefício próprio, por mais simples que seja, sempre será potencializada pelas habilidades do herói e sempre terá consequências bem maiores do que as decisões tomadas por pessoas comuns. No caso de The Flashpoint Paradox, é o Flash quem aprende essa lição da maneira mais difícil.

tumblr_mlrzc7hZ1H1rl14rno1_1280

É claro que o longa tem seus problemas, vários, é verdade. tem alguns furos no roteiro, mas para mim o pior é o traço. Não entendo por que não se ater ao traço mais simples, como dos desenhos da Liga para a TV. Mas mesmo assim eu achei o saldo geral muito positivo, provavelmente uma das melhores animações que a Warner fez com toda a Liga direto para vídeo. E provavelmente é a mais violenta também: De membros decepados à Mulher Maravilha quebrando pescoços (Man of Steel mandou alô), passando por um Barry Allen sendo torrado por uma tempestade de raios a animação é de uma sanguinolência gore que não creio ter visto em qualquer outra animação baseada em personagens da DC. Mas vale a pena conferir.

Nota: 8,9

Anúncios

  1. Pierro

    Podem reclamar dos traços e afins – embora ache que isso em nada muda o panorama da obra, pois mesmo mais quadrados e escuros, deram uma visão mais “dark” -. O roteiro é super elaborado. Talvez tenha sido a melhor animação dos últimos tempos tanto da DC quanto da Marvel, pois fugiu ao padrão de ambos.
    O grau de violência mostra um realismo total. Sabemos que seria mais ou menos daquele jeito se aqueles caras existissem. Venhamos e convenhamos, quando vemos os desenhos mais suaves feitos para o público infantil, os bonecos tomam visão de calor do Super Homem, raio do Shazam, soco do Darkseid e tem ferimentos leves. Isso é apenas para não assustar o público feito de crianças na maior parte. A verdade é que, como na sequência em que o navio do Lex Luthor é tomado pelo Aquamam,seria mais ou menos daquele jeito. Um exemplo, o Destruidor tomou um tiro de laser do Arraia Negra e morreu na hora. A coisa funcionaria assim.
    Acho que temos de dar o destaque certo para alguns detalhes que fizeram a diferença daquilo que estamos acostumados ao que foi mostrado. Em primeiro lugar a diferença entre a primeira cena do desarme das bombas e da realidade alternativa, pois na primeira os heróis vêm trazendo seu senso ético e por isso sendo quem são. Na segunda agem por conta própria e detonam tudo como querem.
    Em segundo lugar vem que herói virou vilão e vilão virou herói. O “gelado” inimigo do Flash de vilão vira herói assim como o Aquamam e a Mulher Maravilha viram vilões terríveis e matando sem dó os humanos que protegiam em outra realidade. Acho que o Jogo Injustice do X-Box 360 deu uma ideia parecida e ficou bem legal.
    Em terceiro as sacadas de alguns indivíduos. O lance de colocar o Thomas Wayne como Batman foi sensacional. Acho que a DC poderia vez por outra fazer um Morcego como aquele, mais implacável contra o crime, tipo em histórias alternativas mesmo. Acho que foi o personagem mais carismático da série. Sem esquecer também da versão do Homem de Aço que é algo incrível. Seria daquele jeito mesmo se o governo de qualquer nação do mundo o pegasse bebê. Iriam submetê-lo a torturas e explorações. Não sei se foram todos que pensaram igual, mas quando o Flash o leva para o sol, achei que ele iria ficar “bombadão” de radiação, mas continuou magro. Foi intrigante.
    De todo, foi um desenho nota dez. Agota, aqueles que ficaram irritados com a obra, façam como o Paulo Coelho disse em uma entrevista aos críticos: “Se não gostam, vão lá, façam melhor e tenham mais sucesso”.

    Valeu!…

  2. ouço mdm vendo porno - pra mãe não desconfiar.

    1dia sem postagem.
    o que vou fazer?
    chorarei que nem um ninja silencioso ouvindo um podcast antigo do mdm, enquanto vejo xvideos.

  3. estava esperando um puta texto mas o que li perde completamente o meu tempo !!!! nem vou add este site racista que não sabe fazer uma resenha de um filme sem ao menos ter lido as Hq’s !!

    ” há algumas mudanças em relação a história original, mas não posso detalhar todas por que não li a saga em quadrinhos. ”

    que merda foi esta que ele disse ???

  4. Dudu

    De membros decepados à Mulher Maravilha quebrando pescoços (Man of Steel mandou alô), passando por um Barry Allen sendo torrado por uma tempestade de raios a animação é de uma sanguinolência gore que não creio ter visto em qualquer outra animação baseada em personagens da DC. Mas vale a pena conferir.

    Não seria o oposto?Que diga o Max.

  5. Dudu

    Na animação, a resposta é muito clara: existe um motivo pelo qual os super-heróis precisam de uma moral mais elevada em relação às pessoas comuns: por que qualquer decisão tomada para benefício próprio, por mais simples que seja, sempre será potencializada pelas habilidades do herói e sempre terá consequências bem maiores do que as decisões tomadas por pessoas comuns. No caso de The Flashpoint Paradox, é o Flash quem aprende essa lição da maneira mais difícil.

    Moralismo barato.Quem define o que é uma moral mais elevada em vigilantes?Fazer tudo supostamente pelo bem dos outros nunca implica em erros?

  6. Tony Tornado

    Essa animação surpreendeu mesmo, no início parecia que ia ser mais uma bomba, porque tem aquele lance de cada membro da liga pegar os explosivos no banco e desarmar de acordo com as suas habilidades, isso foi triste, mas a realidade alternativa distópica é muito boa, clima de fim dos tempos com “heróis” sem nenhum senso de moral, tem vários momentos “massavéio” que se apoiam no fato de ser um mundo alternativo, mundo que deu liberdade para que os roteiristas fizessem o que quisessem com os personagens.

  7. O estilo Peter Chung dos personagens, pra o qual muita gente tá torcendo o nariz, foi a primeira coisa que me chamou a atenção de modo positivo! O mais bacana dessas animações da Warner é poder se reinventar em termos visuais sem precisar ter um elo com a anterior! No mais, animação fodástica! Concordo com o senhor, seu Algures, em cada palavra!
    E antes que eu me esqueça: fodam-se! Só pra manter o nível

  8. Baixei a animação mas ainda não venci a preguiça de ver… parece boa, mas eu detesto esse traço, que proporções ridículas, não gosto desse estilo de desenhar personagens que parecem um sorvete com uma cereja em cima.

    Pro Johnny Bravo fica legal, pra Liga da Justiça acho uma bosta.

    • Dudu

      Porra, mas a Liga e o desenho do Batman do Tim sempre tiverem proporções ridículas e nem por isso eram ruins.Havia uma razão técnica para isso, inclusive.

    • Vóz do Além

      Eu gostei do traço em geral… Só o quadril dos personagem que me incomodou um tempo, mas depois eu aceitei…
      O Character designer dessa animação é o mesmo de Young Justice: Phil Bourassa.

  9. ricardolbsda

    eu não ia assistir essa merda pq achei que fosse tosco um trem desse ser baseado no PRÓPRIO MOTIVO DO REBOOT… mas já que esse review é um review de merda eu tenho que ver com meus olhos agora

  10. O traço é uma merda mesmo, principalmente o rosto da maioria dos personagens, mas o fato de ser uma animação violenta é algo negativo agora? Combina totalmente com aquele universo alternativo e mesmo que isso levasse a um reboot, não apagaria os vários potos positivos que a animação tem.

  11. Conan, o Barbeiro

    Ah, o traço não é problema! Problema é a coluna desse povo, tudo com escoliose! Parece que ninguém aguenta o peso dos ombros.

  12. Dr. Tomás Tinoco

    Eu já gostei bastante do traço e da animação dos personagens, muito bem feito. Agora quero q digam q o Aquaman é bucha, depois desse filme….. o cabra tá absurdo de grande, sangue-no-zói, come a Mulé-Maravilha e ainda enfia a porrada no Cyborg…. PORRA!

  13. No filme que aluguei la no PirateBay, no final dos créditos da animação, há uma cena de um tubo de explosão abrindo no espaço e saindo vários para-demônios dela e indo em direção a Terra. Logo em seguida tem uma série de entrevistas com os produtores do próximo longa animado da Liga, o Justice League War, e ele é baseado no confronto da liga dos Novos 52 contra o Darksied, ou seja, o reboot também aconteceu nas animações.

    Em todo caso, a animação é sim bem bacana, com uma história interessante e visões bem bacanas de certos personagens.
    O nível de violência das animações Warner/DC vem numa medida bacana, tano neste quando na animação da Mulher Maravilha e no último do Super Man.
    Pra dizer a verdade as animações de heróis da Warner, com exceção do primeiro do Lanterna verde, são mais bem escritas e dirigidas do que muitos dos filmes de heróis que têm saído.

  14. Eu já achei aquela animação do Super (a ultima, esqueci o nome) meia violenta, com o Braniac furando o céLebro das pessoas. Enfim, já to com o torrent pra baixar, talvez veja nesse fim de semana caso não vá ver o filme do Carcaju.
    Algures, já que você gosta de realidades alternativas, tu deve se amarrar na Terra 6706 da Marvel, onde o Namor é negão, casado com a Susan Storm, tem 5 filhos com a piranha e um deles se chama Remy, em homenagem ao Gambit que foi o maior heroi dessa terra e morreu em combate! Claremont é um visionario!

  15. Porra, sanguinolência gore, assim não vai passar no HBO Family… se bem que não tenho mais este canal… mas “si amarro” em ver estas animações na HBO… e espero ter o canal novamente em breve….

  16. Girino Gomes

    Pois bem, eu sei que vocês odeiam esses viadinhos que querem fazer do MdM sei diário pessoal, mas foloda-se! EU PASSEI NUMA FACULDADE DE MEDICINA!!!! Não gostou? ENFIA UM DEDO NO CÚ E DELICIESSE!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: