Superassassino também nas HQ’s

original (1)

original (2)

original (3)

É isso aí mesmo que você acabou de ver. O Superman vai arrancar a cabeça do Doutor Luz com a visão de calor na edição #22 de Liga da Justiça. Na história, Luz ataca a Mulher-Maravilha e o Super, num ataquezinho de ciúmes, já que ele tá dando uns fócks oficiais na cocota, arranca a cabeça do sujeito na base da visão de calor.

No recente gibi baseado no jogo Injustice: Gods among us, o Azulão mata o Coringa, o Jóquer, o Palhaço, o Bobo, na mãozada:

original

E no filme em cartaz, o Superman mata o Zod:

manofsteel16

Lembrando que o Superman já matou o Zod na fase do Byrne, de um jeito bem frio e calculista. Veja comigo no replay:

original (4)

Bom, vamos lá ao velho debate: o Superman deve matar? Sim ou não?

O Superman é o ícone dos heróis que bebem leite. Já até fizemos um podcast sobre isso aqui. Ele sempre representou tudo o que a humanidade tem de bom. É ele que é o grande representante da bondade humana, mesmo sendo um alienígena.

Eu cresci lendo os heróis que bebem leite. Sempre me identifiquei e gostei mais dos heróis que faziam o voto de não matar, como o próprio Superman, Demolidor, Capitão América (nos anos 80 ele levava isso muito a sério), Senhor Fantástico, etc. Sempre gostei disso porque essa é a saída mais difícil.

me lembro de um gibi do Quarteto Fantástico onde a equipe perde todo o dinheiro que tem e precisam trabalhar. numa excelente edição desenhada pelo Steve Mcniven, o Senhor Fantástico salva um velhinho que quer se jogar de um prédio só na base do papo, ensinando-o o quanto a vida humana é sagrada. Essa história é sensacional… Estou tentando achar ela aqui, mas não consigo encontrar. É de uma série do Marvel Knights.

Eu cresci com os heróis me ensinando que a lei do “olho por olho, dente por dente” é errada! Que não importava quem era o assassino, mas você nunca, NUNCA deveria descer ao nível dele. Que a vida de qualquer ser é mais sagrado que tudo.

Então, não queria ver o Superman que eu conheço fazendo isso:

Superman-Killing

Eu queria ver o Superman fazendo mais disso:

Superman-Killing

Mas criar um momento desse aí acima é difícil.

Fácil é fazer o Superman matando pessoas… isso vende mais.

Anúncios

  1. paulo

    me lembro de um gibi do Quarteto Fantástico onde a equipe perde todo o dinheiro que tem e precisam trabalhar. numa excelente edição desenhada pelo Steve Mcniven, o Senhor Fantástico salva um velhinho que quer se jogar de um prédio só na base do papo, ensinando-o o quanto a vida humana é sagrada. Essa história é sensacional… Estou tentando achar ela aqui, mas não consigo encontrar. É de uma série do Marvel Knights.

    Vida humanas que muito provavelmente seriam digeridas depois dele salvar o Galactus.Por sinal, aliens não contam para ele como podem testemunhar o império Skrull e os caras que viraram sanduiches depois de viverem anos como vacas.

  2. jmsiqueira

    Concordo em parte. Acho que o final do filme que o Snyder preteriu fazia mais sentido para o Superman. Mas confesso que se querem tornar o Superman mais realista e na situação crítica que ocorreu a morte de Zod, a coisa não poderia ser diferente.

    Mas, mesmo adorando o filme, o final com o Zod voltando para zona fantasma e sumindo seria melhor.

  3. superman voltando as origens,o super como quase todos os heróis dos anos 30(acho que menos o batman) matava,isso mudou durante reformulações do personagem(como em algumas o batman começou a matar) por isso eu não vejo muita surpresa,apesar de que o super da reformulação dos anos 70 que inspirou o superman o filme clássico é a minha versão favorita,mesmo assim não posso ver como surpresa total,só espero que como a onda dos mullets,simbiontes e outras modinhas e reboots passe e o super volte a ser da versão que eu curto,mas se não voltar espero que tenha pelo menos boas historias

  4. Tenho visto um sem fim de mimimi’s desses defensores do massavéio e desse superman da nova geração que passa geral no espeto.

    E os argumentos são sempre os mesmos: “ah novos tempos, mimimi as pessoas mudam, agora não cabe mais não matar” e “ah o superman matou em diversas oportunidades durante sua historiografia”. E embasando-se nesses dois argumentos, estão todos criticando quem não gostou desse novo viés do personagem (claro, como se todos que estávamos acostumados com o escoteirão fossemos obrigados a gostar dessa nova versão só porque um bando de crianças remelentas e fãs de massavéio acham essa versão “superior”).

    Mas algo que essas crianças não entendem é que já faz parte da imagem do personagem que esse evita a todo custo matar alguém. É como acontece com o batman, em que todos já sabem que ele vai dar um jeito de ganhar, com o capitão américa, que todos já sabem que ele vai ganhar o argumento (não necessariamente a briga), com o homem aranha, que todo mundo sabe que ele vai fazer um grande sacrifício pessoal em prol dos outros.

    São características de todos os personagens supracitados que, se forem dissociadas dos mesmos, levam consigo uma parte da alma do personagem, A NÃO SER, que a história em que isso aconteça seja bem escrita e apresente argumentos válidos e plausíveis para ter o herói adotado essa atitude.

    Vejam bem, o problema maior nem é o superman matar (ok, é até um certo problema, tendo em vista que o personagem já está associado a imagem de cara contido que não quer ceifar nenhuma vida), mas sim a maneira como é feito, vazio, sem alma e sem sentido, feito puramente pra vender.

    Eu sei que esse comentário foi extenso, chato e fora dos padrões MdM, então só pra me adequar um pouco:
    CHUPEM suas crianças birrentas, superman não mata de graça, vão procurar uma costura de saco pra lamber e parem de torrar nosso saco.

  5. Dick ViNgarista

    Pra mim o Superman tinha que virar um vilão foda e sair matando geral tipo o Plutoniano, só assim esse herói ia sair monotonia que ele vive a tantos anos, na verdade era eles já tentaram de tudo, até mataram esses fdp, mas não tem jeito de criar histórias interessantes com esse super “teletubbie”. Claro que a coisa teria que ser bem trabalhado, tipo cara surtar pela pela morte da Lois Lane, que morreu assassinada por um vilão que ele se recusou a matar, depois ele começa a matar todos, todos, TODOS, então os próprios companheiros começam a tentar impedir o Super que acaba descendo a porrada neles também. Ai DC se tiver precisando de roteirista, meu salário e baixinho.

  6. T_m_k

    “Mas criar um momento desse aí acima é difícil.
    Fácil é fazer o Superman matando pessoas… isso vende mais.”

    É Change… de vez em quando você acerta….

  7. Lau

    Infelizmente Muitas pessoas tem os quadrinhos como base pra se inspirar e seguir em frente, se perdermos os BONS exemplos, infelizmente teremos muitos ‘Caídos’ por ai…
    Eu ainda prefiro os grandes heróis altruístas!

    “Mas criar um momento desse aí acima é difícil.
    Fácil é fazer o Superman matando pessoas… isso vende mais.”

  8. Skull Lord

    Muito bom post, Change. E não, eu não vou dar pra ele.

    Só uma correção, o Superman que mata o Coringa em Injustice é dum outro universo, a história é meio parecida com aquela dos Lordes da Justiça.

    O Superman “de verdade” do jogo ainda é o clássico… Mas eu aposto que, se Injustice tiver uma continuação, vai ser com o Super assassino.

    • Isso, o Superman de hoje tem a mesma moral daquele de 60 anos atrás. Que avanço pra humanidade. Sorte que, naquela época, ele não era tão poderoso como é hoje em dia.

  9. No filme Superman III tem a cena em que o herói se torna mau, tomando umas biritas no boteco e com um uniforme sem lavar. Imagino que nesses dias ele tenha matado uma cambada só dando peteleco nos amendoim.

  10. Kill' All,el nuevo superhombre

    Não faz sentido o o superman que é “o bonzinho” começar a matar e o batema que é “as trevas, o mal, o pedofilo” não…

    • Dick ViNgarista

      Eu penso a mesma coisa, o Bátema fica com aquela pose de sombrio, fodão mas quando alguém morre na frente dele grita como uma mocinha diante da barata, nem quando a coisa é pessoal tipo quando mataram algum dos seus 2947382 ajudantes, ele nunca fez nada além de chorar como um ninja silencioso.

      • eu pensaria diferente, se o super pensasse e claro, ele a unica coisa que tem sao poderes alienigenas como uma bateria solar, ele depende de seus poderes e do sol amarelo.
        o batman o unico HUMANO SEM PODERES que depende de sua inteligencia e pelos padroes dc ele e o maior detetive do mundo astucia e cara de espanta fantasmas ele pode nao se tornar uma vilao assassino que ao ver do morcego isso pode ser remediado a coisas piores que a morte pelo menos tambem para a forever evil quem viu os previews sabe que o batman esta entre os viloes e bem provavel tres coisas um, mataram o batman e o substituiram dois fizeram lavagem cerebral tres ele se tornou um vira casaca nao por que e mal e tudo mas para destruir a sociedade dos super viloes de dentro para fora se estavam falando da bicha do asa e a cadela morcega fubeca e a vadia das vadias lesbicas estarem revoltadas que nem vadia traida pelo cafetao ou ate levarem supapos ou dar no morcego e bem provavel que ele use sua inteligencia e se alie aos viloes para salvar a patria e carregue toda a mega saga da dc nas costas e ate ao meu ver possa ser o unco a conseguir controlar o cranio famigerado da jumenta da pandora sem qualquer duvida do jeito que e paranoico pode ate ter colocado um espiao no meio da joca da LJA e nao venham com firulas ele roubou tecnologia de apokolips e construiu o irmao olho que por tudo fica espionando todo mundo inclusive descobriu o relacionamento do super com a pirua maravilha entao ele pode fazer outras coisas menos matar e doer cotovelo.
        ps. parem de falar das virgulas e dos ponto to pouco ligando ou colocando

  11. na primeira versao do super ele matava nas reformulacoes ele nao matava e depois comeca a matar e nao matar vendo isso ele alternou entre escritores entre matar e nao matar eis a questao fique bem claro o mundo muda as pessoas mudam os quadrinhos mudam e pessoas e personagens da ficcao e da realidade matam de diversas maneiras o que nao muda e seguir caminhos mais faceis e lucrativos onde se matar resolve todos os problemas da sociedade.
    se o governo agisse igual aos quadrinhos matando assassinos e ladroes existiriam menos crimes eles saberiam que seriam punidos e nao existiriam tanta criminalidade.
    se as pessoas olhassem para isso sabendo que seriam punidas nao cometeriam crimes se os criminosos pensassem como as vitimas nao matando mas elas nao pensam so se arrependem depois de serem presas se nao forem presas elas continuam a cometer crimes nao pensam no amanha.
    entao se o super mata nao faz diferenca nenhuma apenas o fator lucro e ja que falamos de quadrinhos eles apenas ressuscitam outrox fazem lavagem cerebral e ponto final.
    uma coisa que nao muda nas hqs do super e sua vulnerabilidade a magia e habilidades psiquicas estando vulneravel a ataques como esse se ele nao sabe o que o obrigou a fazer entao ele e uma vitima de ataques psiquicos mas isso nao diminui sua acao e nem o fato de matar eu acho melhor o super assassino do que escoteiro.
    quanto ao fato de um heroi se tornar um vilao acho mais provavel que quem se torne um vilao e o batman no forever evil

  12. Canastrao_latino

    ” Estou tentando achar ela aqui, mas não consigo encontrar. É de uma série do Marvel Knights.”

    Aqui Saiu na Marvel Apresenta 17, Change. Um puta trabalho do McNiven diga-se de passagem.

  13. O Correto

    Levando em consideração que o filme quis dar um toque mais realista para a história do Superman, é cabível o assassinato. Era o único jeito de parar o Zod, caso contrário, ele destruiria a terra, assim como em vários momentos na história foi-se necessário eliminar indivíduos para salvar vidas inocentes. Ser contra a Darknightização dos filmes de heróis é válido, porém, nesse universo criado no Man of Steel criticar a morte do Zod é besteira, ainda mais considerando o país realizador do filme.

  14. Dick ViNgarista

    Na verdade tudo isso está acontecendo porque a muito tempo O SUPERMAN JÁ ENCHEU O SACO!, igual ao oque aconteceu com o Aranha, eles já não tinham mais oque fazer com o personagem, casou e descasou com MJ, ressuscitaram o tio Ben e os país dele, mataram a tia May, clonaram o Peter Paker, transformaram ele em corno, revelaram sua identidade, e até mataram ele, e quando não tinha mais nada veio a ideia de substituir o cara por um vilão, só pra ele se tornar mais massavéio, a mesma coisa com o Superman, já são 75 anos de cronologia e haja criatividade dos roteiristas pra criar uma coisa nova, não é querendo defender essas histórias de merda não, mas acho que as coisas chegaram num ponto que eles só tem 2 opções, ou mudam completamente o caráter e os valores do personagem, ou matam ele de vez e cancelam a revista, pessoalmente eu gostaria de ver o Superman virando um vilão porra louca mesmo tipo o Plutoniano, com todos os heróis da DC tendo que se unir para derrota-lo, não se seria uma boa história, mas pelo menos seria algo totalmente novo e inesperado na vida do Super.

  15. Little Flyer Cock

    Parabéns para esta geração de merda que curte o Superassassino e o Octopus Aranha. O Reino do Amanhã está mais atual que nunca.

  16. Essa página resume bem qual é a postura do Super Man. O Snyder devia ter lido essa HQ antes de fazer o filme(que eu não vi, mas minha filha nº 3 disse que é muito ruim).
    O Super Man é bondoso, é gentil e não deixa de ser fodão por causa disso. Um exemplo foda é a edição em que ele enfrenta a elite.

  17. Cara, o super matando o Zod foi só a cereja do bolo de merda fumegante que aconteceu naquele filme. O filme praticamente justifica a xenofobia. Imagina um povo que ficou horrorizado e traumatizado durante décadas por causa do atentado de 9/11 ter que conviver com uma invasão alienígena e a destruição de uns 10 quarteirões da cidade? Quanta gente não morreu nessa merda? Imagina um filme da Liga da Justiça, então? Ainda querem ver monstros do nível do Apocalypse? Porra, adeus civilização como a conhecemos. Vai ser a Quarta Extinção!

    Já nos quadrinhos, o Superman tava mais do que correto em matar aqueles putos alternativos! Quem é que usa quepe e faixa na cabeça? Quem? Imagina só o que eles poderiam fazer à solta na Terra dele, seria igual um filme do Snyder!

  18. Fodam-se todos que estão dizendo para nos acostumarmos com os novos tempos e parar de reclamar. Quem investiu (gastou) tempo e dinheiro por DÉCADAS em quadrinhos tem todo o direito de reclamar dessas merdas sim, mesmo que saiba que não vai adiantar porra nenhuma.

  19. Assassino e presepeiro, mata e depois fica pagando de desentendido. “Não, foi sem querer, eu me confundi, não tinha dormido direito, tenho pressão baixa, mimimi… mas tá tudo bem, né gente?”

    Na minha opinião, a edição seguinte devia ser SUPERMAN: TEJE PRESO ! Ou o Batman com sua kriptonita no cinto tá de boa com o Super-matador?

  20. Benga do Hell

    E pra qm tá falando que é mimimi reclamar disso, que os heróis mudam com o tempo mesmo, bom, eu sei que mudam, mas cacete, o charme do personagem era ele ser escoteiro, era ele ser um dos seres mais poderosos do universo, mas sempre se conter, a partir do momento que ele perde isso, ele vira só mais entre tantos outros massaveitiscos, e essa é a maior perda, tudo vai ficar igual, to pra ver as estórias da Liga Novos 52 virarem um bando de matadores pulando de naves e atacando a base dos inimigos, todas as edições, e usando trabucos e espadas, mas enfim, ainda nem assisti Man of Steel, espero que a questão do Super ser frio e matador é o mesmo que o Batman ser amador e atrapalhado em Batman Begins (“Alfred, come pick me up!”), é o começo dele e ele só vai ficar escoteiro quando amadurecer mais e blá blá blá… Ainda tenho esperança

  21. Preston

    “Cada geração tem o Super Man que merece”
    O Superman, assim como os HQ’s seguem a tendência da época, portanto o que o público pede é o que será apresentado.
    Apesar de eu aceitar que existem situações em que não há outro caminho… O negócio são as histórias NÃO colocar o Super nessas situações para que o herói continue “puro” e usar mais as situações do quadrinho do fim do post…

  22. Benga do Hell

    Tu anda muito chato Ultra, mas não poderia concordar mais com vc, é muito mais fácil e rentável fazer um herói que só saiba brigar e sair por aí matando, difícil é fazer um herói que não seja bidimensional, que saiba as consequencias de seus atos, só que isso não vende mais… Vamos acabar com um bando de Wolverines :T Li All-Star Superman e chorei como ninja silencioso, e acredito que vou chorar ainda mais com Man of Steel, mas vai ser de ressentimento

  23. Cal

    Faz muito tempo que o massa veio vende mais, o foda é ver esses personagens que deveriam ser simbolos de heroismo classicovirarem assasinos de aliens, no segundo filme do super vão fazer o que? Trazer o darkside mas matar ele daí o lex luthor rapta a lois o super fica magoadinho e tbm exprude a cabeça dele? As vezes parece que os herois morreram mesmo

  24. Dono da Verdade

    “Mimimi um personagem de revistinha agora mata, minha vida acabou. Ele não é o mesmo, ele é feio, bobo e chato, mimimi”

    O mundo mudou, o Superman também passou por mudanças, e não é a primeira e nem a segunda vez, tudo reflexo de suas respectivas gerações. Lidem com isso ou arrumem um banquinho, um ventilador, uma corda e se enforquem. E mais, a tendência é piorar. Não gostaram? Parem de ler, de se importar, nego que reclama mas continua alimentando essa indústria tem mais é que se foder mesmo. Simples.

    Fico me perguntando o que um veiaco pensou quando viu no que aquele herói troll que oferecia uma garrafa de água pro Aquaman e pro Olsen no deserto tinha se tornado (um escoteiro). Será que ficaram de chororô também?

    Bichas.

    • Dono da Verdade

      “Eu cresci com os heróis me ensinando que a lei do “olho por olho, dente por dente” é errada! Que não importava quem era o assassino, mas você nunca, NUNCA deveria descer ao nível dele. Que a vida de qualquer ser é mais sagrado que tudo.”

      Talvez eu não fique choramingando sobre o Superman assassino (o que não quer dizer que eu ache que ele tenha que sair matando direto), porque não concordo com essa balela hare krishna de comedor de produtos 100% orgânicos de “toda vida é sagrada”. Besteira isso. Deve ser por isso também que prefiro os anti-heróis: Hitman, Justiceiro, Motoqueiro Fantasma, etc…

    • Reinaldo.

      Esse argumento de que “O mundo mudou… o Superman agora é outro… nossa geração é mais heavy metal” é pura balela.

      O Superman do filme do Snyder, dos Novos 52 e qualquer outro que opte pelo caminho mais fácil, nada mais é do que um Superman feito para agradar a grande massa – e a grande massa sempre foi assim. Pergunte na rua o que as pessoas acham que deva ser feito com bandido, a maioria vai dizer: “temos que linchar, matar, olho por olho e dente por dente”… volte 50 anos (estudando história) e faça a mesma pergunta… volte 500 anos e faça a mesma pergunta…2000 anos. A resposta da massa sempre será a mesma de hoje em dia.

      O coletivo geralmente é burro, preconceituoso e ignorante…. eu mesmo talvez respondesse a favor do linchamento, mas eu sou um merda egoísta. O Superman deveria representar algo maior, como a gente consegue ver em alguns poucos fodões como Gandhi, Buda ou Jesus (supostamente).

      Os executivos querem vender, quanto maior a fatia de pessoas que eles atingirem, melhor… por isso o caminho mais fácil do filme – ele agrada a grande maioria que é a favor do linchamento que comentei acima – por isso, seu gosto pela atitude do filme não passa de uma ação bem sucedida da Warner em atingir esse público não pensante, disfarçado, é claro, da desculpa que o “mundo é diferente”.

      Gosto também de herois que matam, mas o Superman deveria representar o oposto deles… se não, não rola equilibrio.

      É como o Super disse em o Reindo do amanhã:
      “Entre o que mata e o que não mata, eles escolheram o que mata… E agora estão todos mortos!”

  25. Gosto que o herói seja levado a situações extremas. Embora muitos critiquem a história do Byrne (mais que qualquer coisa que ele tenha feito com o personagem, essa história do Universo Compacto é uma das mais odiadas pelos detratores dessa fase), foi algo em um contexto, e que teve conseqüências psicológicas importantes pro personagem.

    O problema é que o recurso está sendo banalizado. E não são todos os que conseguem dar a carga dramática necessária a um evento desses. Não assisti o filme novo do Super, mas aparentemente foi o caso.

  26. Concordo. É muito fácil desvirtuar o personagem e fazer o Superman matando geral, etc. Mas mostrar ele se mantendo fiel ao seu código de honra e ética, por mais difícil que seja, e criar momentos como o mostrado acima e que definem bem o herói que ele é, poucos conseguem.
    Esse Superman dos novos 52 não é o Superman que eu conheço. É só mais um herói massavéio.

  27. Darkness

    Change o Super q vc conhece não existe mais, se quer ver ele não matar, volte e leia as antigas estorias, esse é o novo superhomem, ele vem mudado desde a criação, no começo ele não era como na década de 80 q tbm é diferente do de hj, acostume-se ou pare de ler, é isso q a DC esta falando pra vc e pra quem não gostou

  28. “A Nova Era dos Heróis DC.”

    Não acompanho mais nada (a não ser atualizações safadas como essa) pois perdi totalmente o interesse em HQ’s de linha. A realidade é essa. Acostumem-se.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: