Romário sobre Zack Snyder: “Calado, é um poeta!”

manofsteel16Como a gente não leva o entretenimento a sério, a gente não tem dinheiro como o site dos ovos pra ir na gringa fazer entrevista com diretor visionário nenhum – se bem que mesmo que a gente usasse a riqueza do Hell pra isso, duvido que algum diretor conversasse com a gente (talvez o Uwe Boll num ringue).

Mas o fato é que os fritadores foram e conversaram com exclusividade com Zack Snyder, o homem, o mito, sobre o polêmico final de Man of Steel. Vejam o que disse o cabra, em declarações roubadas com exclusividade aqui pro MdM:

“Na verdade, a primeira versão era bem diferente. O roteiro original terminava com Zod voltando para a Zona Fantasma e desaparecendo. E eu disse ‘não, o Superman tem que matá-lo’. Ele tinha que matar porque o mundo não é mais o mesmo que era quando ele foi criado – ou quando o primeiro filme saiu. A inocência acabou.

Não há o que fazer com ele. Isso muda o Superman de maneiras que o tornam muito mais interessante. Ele ficou mais vulnerável e mais humano. Matar Zod tem um impacto maior no Superman do que não matá-lo. No final, o Superman que termina nosso filme nunca existiu antes. E desenhamos o clímax de forma a não dar qualquer alternativa a ele.

Ao optar pelos humanos em detrimento dos kryptonianos, de certa forma ele nunca desrespeitou as leis terrestres. Zod é um alienígena e não temos leis para o assassinato de nada não-humano na Terra. Tecnicamente é um truque nosso com o cânone.”

3000089-4030891933-fOss9

Velhos, eu achava o Snyder um sujeito limitado. Digo, como diretor. Mas lendo essas declarações dele eu decidi ampliar o conceito: Snyder é uma pessoa MENTALMENTE limitada.

Não, ele não entendeu Watchmen, não entendeu o final de Watchmen, e fez o que fez.
Não, ele não entende o Superman, não sabe do que se trata, e fez o que fez.

Mas você vai dizer: “Mas Porco, o Superman já matou os kriptonianos na fase do Byrne! O Superman pós-Novos 52 tá matando geral! O Superman dos primórdios matava como se não houvesse amanhã! O Change já falou e reclamou disso tudo agorinha mesmo! Vocês estão sem assunto? Me contratem pra escrever então, eu sou geólogo!”

hqdefault

E tudo isso é verdade. Mas faça dois rápidos exames de consciência: 1) quando você pensa no Escoteiro, ele está matando alguém? O Superman canônico, ideal, platônico da sua cabeça… está matando? Não. O Superman da sua cabeça está ralhando com uma amazona (e, portanto, treinada para matar) porque assassinou um vilão. O Superman da sua cabeça está dizendo que precisa se controlar na Terra para não esmagar as pessoas como formigas. O Superman da sua cabeça está pedindo para o Capitão Marvel parar de bater nele e deixá-lo salvar vidas – e quanto o Superman estiver pronto a matar alguém, a sua consciência, transmutada num pastor presbiteriano sem fé, irá dizer que a essência do Superman é não matar. E 2) Quando você pensa no Superman matando (seja o Superman dos primórdios ou da fase Byrne) a forma não faz diferença? Em resultado, a morte de Zod em Man of Steel é igual à morte dos kriptonianos na fase Byrne. Mas a forma como isso se dá… Passa longe de ser sequer parecido.
truthjustice1
Ao falar da “perda da inocência” dos dias de hoje, Zack Snyder, essa mula, torna-se incapaz de compreender o que é o Superman: um ideal de convivência, de expectativa. Se o Superman adere ao “espírito do tempo” ele deixa de ser o Superman, ele deixa de ser uma fonte de inspiração – vira um mané poderoso demais, usando uma capinha ridícula. O Superman se torna tão essencialmente ruim quanto qualquer general, qualquer ditador que escolhe quem vive e quem morre em prol do “bem coletivo”.
supermanmata
Inclusivio, eu nem ia comentar a sagacidade, o prassismo do Snyder de dizer que o Superman não cometeu crime nenhum porque o Zod não é abarcado pelas nossas leis. CALA A BOCA, SNYDER! Então os escravagistas na América do Sul também não cometeram crime nenhum na colonização, porque naquela época preto e índio não era gente. A mesma coisa com os alemães e os judeus na II Guerra, pra eles judeu não era gente. Eu podia ficar aqui até amanhã dando exemplos, mas você já entendeu que por aí vai… Só o imbecilzão que não.

Cara, é sério: se a gente criticava o Bryan Singer por ele não conhecer a fonte do personagem com o qual ele estava trabalhando, Snyder provou que era possível conhecer menos ainda. E isso é muito triste…

1341306565-Kingdom-Come-nuts

Anúncios

  1. Pingback: Podcast MdM #222 A avalanche multimídia do Superman Assassino |

  2. subexistente

    Puta que pariu, é muito mimimi de velho rancoroso. Superman matou, pronto supera isso ae, ficara comparando Zod com índio…meu deus. Filme ficou bom para de encher o saco.

    Superman assassino é mais fiel do que Batman com voz de fumante, sem falaram que mandar o Zod pra zona fantasma teria sido mais cruel que simplesmente mata-lo.

  3. Cara, engraçado isso, quando faze um filme do escoteiro bonzinho, é sem graça e todo mundo reclama. O cara faz um filme com o Superman detonando geral, todo mundo reclama. Mesmo que as críticas em sua maioria esmagadora tenham conceituado bem o “Homem de Aço”.

    Eu assisti e gostei do filme, o final se fosse executado da forma como Snyder rechaçou talvez ficasse melhor. Mas lembre-se o Superman de Reeve também matou Zod, nas Hqs o Supeman matou Zod com Kryptonita.

    Na verdade o defeito do filme, ao meu ver, foi de que se tentou encapsular em 2:20h muita história, a origem, a descoberta dos poderes, Guerra com Kryptonianos e etc… é claro que com tanto conteúdo alguns personagens foram mal aproveitados, mas isso não muda o resultado, o filme é bom, só marvetes estão dão saltinhos de ódio porque a DC entrou de dois pés na briga.

  4. Chocolate de Cu

    Superman sempre foi um retrato da sociedade dos EUA
    O da década de 30/40 era sombrio e subversivo como os tempos da Depressão pediam. O da década de 50 patriota para um período de início de Guerra Fria. O da década de 60 todo psicodélico, o de 70 um otimista, como pediam aqueles tempos de “Era de Ouro” da economia capitalista. O de 80 e 90 um pouco mais pé no chão por conta do final da Era de Ouro e início das crises políticas e econômicas. E agora o dos anos 2000 combina perfeitamente com o receio dos norte americanos com os rumos de sua nação como potência cultural e econômica pós Torres Gêmeas e da pior crise da história do neoliberalismo. Uma época de pessimismo e salve-se quem puder.

  5. NERD VIRGEM

    “Não respeitaram o classico!”

    Ah, cala a boca!!!

    E olha o nivel de virgindade e pela saquice dos maus amados:

    No filme do Homí di Ferro o dito cujo mata os bandidos e, em algumas situações, deixa eles lá para serem mortos por outros. Tipo: deem cabo desse filha da puta vocês. Ele pode, né? “Ah, maix o homí di ferro é diferente, ele não é o super, o modelo de virtude!” Vem cá, quem falou isso tem um serio problema de conexão com a vida real, né? Tipo, o modelo para a vida dele é um personagem de quadrinhos? Aham. Senta lá. Mas beleza. O Batman não mata porque ele tem escolha, os bandidos dele podem ser detidos. Mas e quando o cara é indestrutivel e imparável? Só existe uma saida e você é o unico que pode toma-la? “Ah, mais ele nem sofreu!” 2013, meu filho!!!! Um policial faz o que tem que ser feito e depois pensa nisso! Queria o que? Mais 1 hora de filme para o Super-Homí ficar se martirizando? Faça-me o favor!!

    • Na real os burros do Mdm achariam mais coerente o Super deixar o Zod incenerar uma familia de inocentes a matá-lo. Sim isso seria a essecia do personagem. Acho que a reação do Super após matar o Zod já diz tudo, foi uma merda, mas tinha que ser feito.

  6. Fábio

    Foi muito bom ler as críticas e os podcast do MDM antes de ver o filme… realmente acreditei em todas as merdas que este pessoal falou após ver uma versão pirateada em baixa resolução. Fui ao cinema com pouca expectativa e no final achei o filme foda… e foda-se se o escoteiro morreu, junto com o Zod! O filme tem problemas, e um monte… mas a AÇÃO compensa…e o vilão é muito bom!
    Após ver esse filme não dá pra acreditar na invasão de aliens fazendo rapel e escalando predios dos vingadores…rs
    Gostaria de saber se eles não vão refazer as criticas após assistirem o filme no cinema…

  7. Bryan Singer conhecia o personagem. O que ele fez foi superestimar a magia dos filmes do Donner e daí filmou a homenagem mais cara da história. Acho que foi no podcast que disseram. Mas, o Super do filme do Singer somado à ação do filme do Snyder seria uma representação melhor do personagem.

    Agora, essa diarréia cerebral do Snyder foi foda, ele poderia ser um redator do MDM com essa capacidade de cagar regra.

  8. Bob

    Pessoal do Mdm… notem as últimas postagens dos Ovoletes…. principalmente o post análogo a este e o linguajar do último, sobre o Octopus de volta no Aranha Superior… vcs perceberão que com certeza eles andam lendo os textos do Mdm….

  9. Patrick_Schweppes

    “O Superman da sua cabeça está ralhando com uma amazona (e, portanto, treinada para matar) porque assassinou um vilão. O Superman da sua cabeça está dizendo que precisa se controlar na Terra para não esmagar as pessoas como formigas. O Superman da sua cabeça está pedindo para o Capitão Marvel parar de bater nele e deixá-lo salvar vidas”

    PORCO XAVIER…. Sabe o que se passa na cabeça de todos! TODOS!

  10. paulo

    Ao falar da “perda da inocência” dos dias de hoje, Zack Snyder, essa mula, torna-se incapaz de compreender o que é o Superman: um ideal de convivência, de expectativa. Se o Superman adere ao “espírito do tempo” ele deixa de ser o Superman, ele deixa de ser uma fonte de inspiração – vira um mané poderoso demais, usando uma capinha ridícula. O Superman se torna tão essencialmente ruim quanto qualquer general, qualquer ditador que escolhe quem vive e quem morre em prol do “bem coletivo”.

    Percebam que ele se apodera do personagem definindo o Super de forma vaga, porém apaixonada e negando ao Snyder qualquer direito de fazer a versão dele, salvo ser for igual ao ideal do Porco. Nem o Corto foi tão longe com o Batman, o Porco se apoderou do Super. Como assim adere ao “espirito do tempo”? Ele sempre fez isso, não só ele como qualquer personagem que tenha sido adaptado várias vezes, tipo o Sherlock Holmes(vamos considerar ele o “ideal de detetive”, assim com o Super é de “heroísmo”). Sofrer pequenas alterações garantem a eternidade desses personagens e sua aceitação pelas novas gerações. Por que fazer escolhas de vida e de morte pelo bem coletivo tornam o Super ruim?Que generalização é essa de comunistinha de faculdade? Ter que tirar vidas para salvar outras é um escolha moral possível de acontecer em situações extremas, você como policial sabe bem disso, não é “coisa de ditadores e generais” com mania de Deus. Aliás, ditadores apenas usam o bem coletivo como desculpa. O Super não “escolheu” matar o Zod, foi ele que não deixou alternativa alguma para o herói. É no filme do Donner que o Super escolhe matar o Zod, ali ele tinha várias alternativas(inclusive levar ele para uma prisão qualquer como fez com o Lex), mas mata e solta um risinho.

  11. Nil

    Que texto medíocre, nerdaiada chora a toa. O filme ficou excelente e por sinal ele iria prender Zod aonde? botar escondidinho atrás da lua acorrentado? ele mandou todo mundo pra pqp naquele buraco negro, na luta final Zod mesmo disse que ia matar todo mundo, que não iria parar, naquele momento deve ter passado na cabeça dele milhoes de coisas para tentar segurar o cara e nenhuma pareceu válida, matá-lo foi a unica forma de acabar com tudo naquele instante já que de jeito maneira o cara queria parar de destruir tudo.

    get a life.

  12. Acabei de chegar do cinema e assisti Homem de Aço. Tava com dor de garganta, com febre, tinha acabado de brigar com a patroa por causa de pipoca (tá caro) e só pensei que ia ser uma tortura ver o Superman Dragon Ball Z que o Porco, Bugman e o Change estavam dando chilique. Não sei se os MDM’s tiveram uma impressão ruim do filme por causa de terem visto no computador da Positivo deles, mas o filme é bom e sim, bem melhor que os Vingadores.Os MDM estão ficando viados demais (acho que o Corto deixou a sua marca) e ficar neste mimimi de que “ai, não é o herói que eu ficava olhando a cueca na infância, o Superman é o herói que representa o bem e ui ui ui” ah… vai a merda, tinha que matar o Filha da Puta do Zod mesmo, onde ele ia prender o cara? ia ficar falando “Seu Zod, matar os outros é errado, veja como eu sou bonzinho e aprende tá. E o Superman ia fazer o que para não destruir a cidade, prender ele em um papel celofane e levar para um lugar que não ia machucar ninguém? Os MdMs são todos umas bixas.

    • Parabéns pela resposta. Foram posts DOR DE COTOVELO porque o Snyder conseguiu fazer com apenas um filme de um personagem chato da DC muito, mas MUITO MELHOR que praticamente todos os filmes da Casa-das-Ideias-Plagiadas.

      Ao som do Jonathan: ♪ Esse é o Superman da nova geração ♫

  13. HudPRIME

    Ok. Poderoso Porco você me convenceu com bons argumentos que esse final foi ruim, mas continuo achando que 2º filme vai fazer um bom uso desse desfecho…

    sem mais.

    • paulo

      O final foi ótimo, ele simplesmente não gosta do diretor e coisa parecida. O Porco é um cara que aceita a invasão ridícula do filme Sinais e que pergunta onde foi parar a mascara do Aranha na cena do trem (disparada a melhor cena dos filmes da Marvel).

  14. Meteoro de Jirombas

    Pior é nego pedindo realismo e realismo científico num filme sobre um cabra que voa porque absorve luz solar

    Imagina então um filme do Flash. Ele vai ter de passar o filme inteiro comendo.

    • caioegonspengler

      eu poderia responder que ele ia passar o filme comendo sua mãe, mas não vou dizer isso pq concordo que essas putinhas(leia-se Paulo e seus fakes) estão sendo um pé no saco daqui a pouco vão reclamar que nos filmes religiosos superman devia matar o Judas na base da facada

      • paulo

        Que fake?Quem tá de mimimi infundado são vocês, eu não reclamei do filme, eu apenas critico a bichice de vocês com compraram esse texto do Porco. Alias, o Porco virou o Corto dos kriptonianos politicamente corretos.

    • paulo

      Realismo que falamos=Super tendo atitudes que pessoas reais teriam ou ficando sem saídas fáceis, poderes trazendo consequências físicas coerentes. Coisas que vocês elogiam nas histórias de um Alan Moore.Entendeu?

  15. paulo

    O Super do Donner matava, tinha raiva, frustração e solidão, mas nego só se lembra dele sorrindo para o público e tirando gatinhos de árvores. O Super do Byrne ameaçava estourar a cabeça de bandidos como ovos podres em seus acessos de raiva(capangas do Lex que espancaram a Lana) e era americano até a raiz, mas o pessoal só se lembra que o Byrne diminuiu os poderes dele. O Super de Smallville era alguém extremamente reprimido pelos pais a ponto da priminha alien dele ser mais “fodona”, mas nego só se lembra que a série era uma merda(bom, nesse caso é justificável).Várias versões do Super foram retratadas em lutas(inclusive nas malditas Meninas Superpoderosas) em que a população civel sofria as consequências e todo mundo achava isso “realista”. O Kripton do filme claramente lembra o do Byrne(misturando as Eras).O Snyder não usou nada que não fosse da mitologia do próprio personagem e mesmo assim, nego chora como fosse um crime contra a imagem do personagem.

    • É exatamente o que estou cansado de falar e hoje se comprovou.
      Criticar é muito mais fácil do que colocar a mão na massa. Ainda mais quando o alvo é agradar uma massa que é e sempre será contra todo e qualquer filme da Distinta Concorrência (entenda como fãs da “Casa-das-Ideias-Plagiadas”). Ainda mais se ganhar para escrever isso. Agora, se não ganhar, pior ainda. Não só você Porco, mas todos os que reclamaram do Super ter matado o Zod no final “sem motivo”. COMO ASSIM SEM MOTIVO???!! ONDE PELO AMOR DE DEUS O SUPERMAN MATA O ZOD SEM MOTIVO? Ele tinha que escolher entre um da sua raça ou a que “o acolheu”. Quem não entendeu ou fica com a viadagem de “esse não é o Superman que cresci lendo”, me desculpe, mas vocês SIM são MENTALMENTE limitados. A história com arco envolvente do começo ao fim, mostrou o que aconteceria realmente em uma luta onde o herói ainda não conhece sua verdadeira força. Não digo que é realismo, mas foi muito mais convincente a forma como lidou com a história entre Clark e Lois, muito melhor a forma em que ele se tornará o herói que “você cresceu lendo”. E logo após ele matar Zod, ele cai aos prantos por perceber que ele fez justamente aquilo que seu pai (Jonathan Kent) lhe ensinou .Foi quase um “grandes poderes trazem grandes responsabilidades”. Gancho MAIS quer perfeito para um segundo filme que SIM, tem que sair ANTES de um possível futuro filme da Liga da Justiça. Espero que a DC/Warner resolvam logo essa questão e comecem a trabalhar em VÁRIOS filmes de uma vez, para colocar seu novo universo criado pelas mentes Nolan/Snyder de uma vez nos cinemas.

      Único ponto falho na história é justamente o Superman não ter matado Zod MUITO antes de acontecer toda aquela destruição em Metrópolis. Tá, tinha que enrolar mesmo para poder deixar MUITO mais legal. As cenas de luta foram formidáveis.

      Já os puritanos e amantes de Christopher Reeve, mas ele apenas é o clássico Superman e foi o Superman de uma época. Henry Cavill é o Superman de uma era!

  16. paulo

    Ao optar pelos humanos em detrimento dos kryptonianos, de certa forma ele nunca desrespeitou as leis terrestres. Zod é um alienígena e não temos leis para o assassinato de nada não-humano na Terra. Tecnicamente é um truque nosso com o cânone

    Ele tá certo, porém, o diretor tá apenas justificando com um argumento juridicamente válido que o Super não cometeu um crime punível nas leis humanas e não falando que ele matou, pois podia escapar de um processo. Aqui no Brasil, os comunistinhas de faculdade fariam um abaixo-assinado para a Dilma exigir um julgamento do Super pela ONU por crimes contra a “humanidade” por matar um genocida alien(que de quebra ainda fez o favor de matar americanos arrogantes).

    Então os escravagistas na América do Sul também não cometeram crime nenhum na colonização, porque naquela época preto e índio não era gente. A mesma coisa com os alemães e os judeus na II Guerra, pra eles judeu não era gente. Eu podia ficar aqui até amanhã dando exemplos, mas você já entendeu que por aí vai… Só o imbecilzão que não.

    Seu argumento é uma falácia, Zod realmente não é gente, trata-se de um alien(conceito esse que nem o próprio Super, criado como humano, teve muito tempo para assimilar) e o Super (o assassino de um compatriota kriptoniano) também não é humano.Quando você vai num churrasco e come porcos e bois (que possuem o código genético muito parecido com o nosso), você se preocupa com a vida deles?Tem que ser “inteligente” para ter direito a vida? E um bandido que a policia mata?A lei não justifica em vários casos?A moral não justifica em determinadas situações? Um policial, soldado ou até um cidadão qualquer, tendo meios rápidos de matar o Zod, salvando uma família e milhões por tabela, não devia fazer isso? Você não faria o mesmo? Como condenar o Super que por criação é humano?O Super fez o que qualquer um faria.Isso foi realista e corajoso, no lugar do diretor simplesmente apelar para uma desculpinha qualquer(tipo um planador assassino ou o vilão cair)

  17. Cara, sinceramente não tive problema nenhum com o final desse filme. Muita gente defende a mudança de estrutura de personagem e personalidade quando a mídia é diferente e só pq não curtiu o final por ser moralmente duvidoso fica cheio de mi mi mi? Esses julgamentos de caráter são engraçados. O cara é superpoderoso, vai manter o meliante que destroi tudo só por pena? Pena de morte no vagabundo! Vai saber se lá em Krypton não é assim que funciona a parada? Quanto a comparar com outras etnias é pura besteira, eles são de outra raça, se for assim, então vc tb é contra matar animais? Por que não reclama do Will Smith ter matado os aliens em Independence day? Ah, faça me o favor! =D

  18. Henrico Meneghel, Sobrinho da Rainha dos baixinhos

    Eu acho que o fato do Super matar o torna mais humano. Apesar de ele ter tido a oportunidade de fazer qualquer outra coisa, preferiu a saída mais fácil. Como nós. Às vezes a solução mais fácil não é a certa, e mesmo assim nós a escolhemos. Isso não nos torna necessariamente maus.

    Mas foda-se o que os outros acharam. O filme tem seus erros e seus acertos, como qualquer outro, e eu curti. Gostei das atuações, gostei da história, gostei das atuações e dos personagens. A direção que deixou um pouco a desejar, mas como eu constatei com HdF 2 e Vingadores, quanto mais coisa o filme se propõe a fazer, menor será a qualidade da direção. Gostei da importância que deram ao sol, em todo momento ele aparece, como se fosse um personagem coadjuvante importante. E por fim gostei muito, mas muito mesmo da fotografia. O visual, e a cor da imagem em algumas cenas ficaram super legais, deram um ar vintage pro filme que eu achei sensacional, e mesmo as cenas puras estavam demais. O responsável pela fotografia fez um belo trabalho.

  19. Nano Falcão

    A questão não é se o Super deve matar ou não, mas que assassinato é algo diferente de matar alguém no calor da batalha quando não há mais alternativas. O Capitão América já matou, mas nunca assassinou ninguém. E se ele tivesse os poderes do Super provavelmente não mataria porque haveria várias alterntivas a mão, sem precisar recorrer a meios letais.

    O Grant Morrison – um dos sujeitos que mais entende do Superma no mundo – disse que uma das razões pelas quais o Super não mata também é porque ele tem muitos recursos para não fazê-lo. Com sua gama de poderes há várias formas de deter os vilões, o que lhe dá uma obrigação moral a mais dele não matar os vilões mesmo durante a batalha.

    Agora, o que me incomoda nessa declaração do Snyder é a xenofobia intrinseca. Jà vinha avaliando que esse Super de certa forma tenta justificiar a atual consciência norte-americana, e que o assassinato de Zod é o assassinato de Osama Bin Laden: Não há problema em matá-lo porque ele é um filho da puta, logo não deve ser nem julgado como aconteceria com qualquer criminoso norte-americano. Até aquele terrorista caseiro que matou centenas em Oklahoma teve direito a um julgamento. Até o Saddam Hussein teve um julgamento!

    O Osama foram lá, assassinaram, e “jogaram o corpo no mar” (a história mais mal contada do universo). O que o presidente Obama autorizou ali foi um verdadeiro ASSASSINATO. Pena de morte é você julgar o bandido, considerá-lo culpado, e depois dar cabo dele. Não foi isso que fizeram, foi assassinato (se é que houve um mesmo, né. Porque toda essa história…).

    Quando de diz que o super pode matar aliens, dá no mesmo que os americanos podem matar arabes, sejam afegãos, iraquianos ou o Osama (pra continuar no exemplo).

    Esse Superman é tão vil quanto a atual consciência norte-americana. Fico com o velho Capitão América, que representa o melhor dos americanos, por mais defasado que isso seja, e não o seu pior.

    • Paulo

      Besteira.Que recursos o Super tinha? Ele mal conhece a tecnologia de Kripton. Os poderes dele são basicamente destrutivos, diferente de um Surfista Prateado ou de um Lanterna.Os Vingadores mataram muito mais aliens, mataram, esmagaram, arrancaram braços e explodiram e ninguem ficou chorando.Zod por ser branco não pode? Quem vai julgar Zod? Onde iam colocar alguem com os poderes dele?Esse espírito guerreiro e vingativo faz parte da cultura americana e não foi inventada agora.Nos quadrinhos ate p Guerra o Super foi.

  20. Ah, eu vi as pessoas correndo pra fora dos prédios e evacuando as ruas pra longe do campo gravitacional. A cena do Perry White mandando todo mundo sair e correr deu a deixa…
    Se na mitologia do filme o Super é o salvador Jesus, Jor el é o Pai, Deus e Zod é o diabo. O diabo foi expulso do céu (Krypton) por 1000 anos (os ciclos lá). Aos 33, Jesus, enfrenta a morte do velho Jesus ao deixar de ser o salvador oculto e se tornar o salvador aos olhos de todos. O diabo volta para enfrentar o Jesus. O diabo tá se lixando pros humanos ele quer todos no inferno sofrendo. O diabo vai matar tantos quanto puder e ele quer que a terra seja seu inferno, seu reino. Jesus tem a batalha final, o armagedon com o diabo e JESUS MATA O DIABO. Mata, do mesmo jeito que a Biblia fala que o Jesus de verdade vai matar o diabo depois do tempo que ele passar preso, como está escrito em apocalipse. Nessa briga toda, 2/3 da humanidade morrem. Leia pra conferir.

    • Paulo

      Perfeito.Agora pega um filme da Marvel e tenta achar qualquer camada mitologica relevante. Nem n Thor eles fizeram.O maximo q fizeram foi refilmar Maquina Mortifera.

      • Simples assim: Falam mal do filme aqueles que idolatraram HdF3, Thor e quem sabe (se a loucura permitir) Capitão América. Resumindo: Discutir com marvetes é que nem chover no molhado. O Capitão América Ultimate é o melhor Capitão América já feito pelo simples fato que não é mais o viado que não mata. O Superman dos cinemas é um outro, outra história, novo conceito, para pessoas conhecerem um novo personagem. Ou realmente todos acreditam que o Superman com todos esses poderes jamais faria nada do tipo caso realmente existisse? Como foi dito, é um personagem em formação, onde com toda absoluta certeza sofrerá com tal decisão. E isso são coisas para um segundo filme, que poderia sair ANTES do filme da Liga para dar uma melhor aprofundada no personagem. Já basta o Batman não matar, agora querem tornar o Superman no personagem CHATO que é até hoje?

        • Poderoso Porco

          Simples assim: agora eu sou marvete.
          Eu, marvete!
          Bwahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

    • Poderoso Porco

      Que operação na Bíblia, hein? Ivo Pitanguy ficaria emocionado com o seu talento cirúrgico!
      Mas vamos lá:
      1) Não há nenhuma morte do “velho Jesus”. Pra forçar a barra, você pode considerar os 40 dias no deserto como uma “morte” simbólica – mas aí terá que ter em mente que nesses quarenta dias Jesus ENFRENTOU diretamente o Diabo e NÃO O MATOU.
      2) A falácia cronológica é linda: decidam logo, ou o Superman do Snyder é um herói em formação ou já está formado. Porque Jesus vencerá o Mal no fim dos tempos – que inclusive gera alguns problemas na Escatologia: se Jesus vai vencer o mal (que você chamou de “matar” o Diabo, mas esse não é o termo bíblico), para onde irão os condenados, aqueles que não seguiram a palavra? Com o diabo “morto” qual é o lugar do “choro e ranger de dentes”? Mas voltando à questão cronológica: no momento em que “matará” o Diabo, Jesus não corresponderá ao Superman do filme. Porque o Superman do filme é o herói em formação – talvez equivalente a Cristo no começo da vida pública, e Jesus ao vencer o Mal já morreu, ressuscitou e está em sua segunda vinda. Faz toda a diferença.

      • O Correto

        Na versão da bíblia que eu li, O Diabo não é o rei do inferno ou o cara que põe as coisas pra funcionar. Assim como os condenados, O Diabo e todos os demônios sofrerão eternamente. De novo, a versão que eu li. Não sei se é algo que aplica-se para todo o cristianismo. Achei interessante o post do Nano Falcão, mais interesasnte por ter pensado em algo similiar. Sendo Superman Jesus, o expoente máximo da bondade, assim como na bíblia, ele não mataria pessoas, nem mesmo aqueles que o mataram, o que daria razão ao fanboiolismo gerado, porém, o mesmo Jesus diz:
        “Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada.”

        Sendo a religião um assunto que traz uma sabedoria e paz para todos aqueles que falam sobre ela, religiosos ou não, penso que seria interessante parar por aqui. Engraçado que os batmans do Nolan não causaram o mesmo mimimi, mesmo tendo o Batman matado várias pessoas desdo cara que ele pensava que era o Ra’s al Ghul, os ninjas do templo, o próprio Ra’s al Ghul(ele deixou o Ra’s al Ghul e o batman dos quadrinhos não faria isso) entre outros que não lembro agora.

      • Paulo

        Ta procurando coerência total da Bíblia, um livro mitologico sujeito a interpretações, com a visão do filme q levemente faz referência a Jesus e ao Diabo? Serio? Teu ego é tão grande assim q você não admite nenhuma qualidade no trabalho feito pelo Snyder? Mas não é voce q acha um maximo aquela toqueira de invasão do filme Sinais, pois o importante era a metáfora sobre a família?

        • Poderoso Porco

          1) Muito me admira vossa senhoria estar aí arrotando entendimento do Superman e desconhecer a metáfora mais velha do mundo envolvendo o personagem – que é a analogia com Jesus Cristo (que salvo engano tá até lá no livro do Umberto Eco)…

          2) Porra, quando eu procurei coerência na Bíblia, ô animal? Eu critiquei a incoerência do COMENTÁRIO DO SEU ÍDALO aí em cima!

          3) Sim, Sinais é foda porque NÃO É um filme sobre aliens, mas sobre fé e a relação dos homens com ela. Por isso chama “Sinais” e não “Invasão” ou “Aliens”. Mas eu entendo que é difícil alcançar isso pra alguém que acha super lógicos os argumentos do Snyder sobre seu Superman…

  21. adriano

    Bem… acabei d ver o filme… ja sabia do super-shiatsu semanas antes… e sinceramente achei outras cenas piores no termo “perai… esse não é o Superman que eu conheço”… como a vingancinha contra o caminhoneiro e a morte do Jonathan…porra… o Superman escoteiro sequer teria roubado aquelas roupas do varal da mulher…

    Prefiro pensar que o Superman tentaria outra solução, por mais que a situação o tenha deixado sem alternativas…

    • Paulo

      Vocês idealizam demais o personagem, nem parece q vimos os mesmos filmes e historias.No segundo filme ele tambem se vinga de outro babaca de bar.Em Smallville ele tambem se vinga do namorado da Lana.

  22. Da até medo de falar algo serio aqui, mas FODA-SE, vamos direto ao assunto!

    Gostei do texto e francamente concordo em tudo, o super tirar uma vida, da forma que fez no filme e torna-lo “humanos”, tentar molda-lo nos tempos de hoje é a ultima coisa que se deveria fazer com o super. Com o tempo ele se tornou um ideal, um simbolo e por ae vai, fazer o que esse diretor de merda fez mostra o quanto cada vez mais a maioria das pessoas estão esquecendo esses simbolos, esses ideais, afinal de é isso que as pessoas querem, nao é isso que eu gostaria de ver.

    Amem

    • Paulo

      Ideais não rendem historias interessantes, ideais não sao humanos.Não gosta? Culpe todos os roteiristas q humanizam ele desde seus criadores. No caso do filme culpe Donner e o Byirne.

      • T_m_k

        Amigo, acho que você está com seus conceitos errados… Ideais talvez não rendam histórias (discordo mas vamos assumir que não), porém a busca por esses ideais rendem muuuitas histórias. Sabe aquela velha máxima, “não é o destino e sim a jornada”? E nada melhor para explorar a humanidade do que a jornada em busca dos tais ideais.

        • Paulo

          Humanidade sem imperfeições não existe e voce quer q o Super pule sua própria jornada se tornando logo de cara um personagem perfeito demais q tudo sabe e tudo resolve.

          • Monolito2001

            Se o cara não aprendeu que toda a vida é importante depois que o pai dele se matou pra SALVAR UM CACHORRO (que nem era dele, por sinal), não aprende mais. A lógica seria que após matar Zod ele vá continuar a matar “sem querer querendo” a rodo por aí.

            Resta apostar em quem vai ser a próxima vítima: Luthor?Parasita?Galhofeiro?

            Qualquer chororô que o SuperElegante vier a ter numa possível sequência por causa da morte do Zod vai ser vazio de sentido.

            • Paulo

              Caramba como vocês são parciais.A cena dele abraçando a Lois demonstra claramente q não foi fácil fazer aquilo, mas ele fez pois nao deixaria um familia se derretida.Por sinal essa cena com a Lois é magnífica.Compara com o Aranha mutilando o melhor amigo, com o Hulk matando o próprio pai, com a Electra matando um inocente, com o HdF explodindo tanques com gente dentro, com o Batman usando canhões em capangas.Eles nem piscaram.

              • caioegonspengler

                Sim e no minuto sequinte ele está todo pimpão “eu virei super-heroi” “a humanidade vai confiar em mim pq sou americano” “fui empregado no jornal de uma cidade completamente destruida mesmo que fosse um pescador e garçom ao inves de reporter”

              • Da mesma forma que o Coruja grita NAOOOOOOOO no final de Watchman?? Na boa… NÃO! Sim a cena é impactante, mas podia ter sido realizada de forma mais simples e ainda sim bem executada. Sem contar que após o evento nem parece que ele destruiu praticamente toda Metropolis. Dizer que um filme não renderia porque “não tem ideais” é o tipo de coisa que a maioria das pessoas diriam ao ver filme de Hollywood como transformers, velozes e furiosos, entre outros.

  23. Cavaleiro do Jumento Excitado (Meteoro de Jirombas final)

    HdF 3 não teve de enfrentar nenhuma concorrência de peso

    MoS teve de brigar com dois filmes aguardados já na segunda semana.

  24. Cavaleiro do Jumento Excitado (Meteoro de Jirombas final)

    Já é o segundo filme de origens de super heróis mais rentável da história

    E não tinha uma franquia e o filme dos Vingadores atrás para dar uma força

    Pelo contrário: tem um monte de críticos metendo o pau e gente que ainda lembra do filme do Singer com o Superman bebe leite

  25. Éric

    Percebo muita inveja e despeito nesse texto do início ao fim … criticar um dos melhores sites de cinema (Omelete), falar mal só do diretor do filme (pois todos sabemos que tem roteiristas, produtor, etc) e pior ainda, ter a mente LIMITADA em não aceitar uma adaptação mais real ao herói … tsc!

    • caioegonspengler

      ” muita inveja e despeito nesse texto” HUAHAUHAUHAUHAUHUAHAUHAUHAUHAUHUAHAUHAUHAUHAUHUAHAUHAUHAUHAUHUAHAUHAUHAUHAUHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA criticar “um dos melhores sites de cinema (Omelete)” HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

    • Ih cara… acho que você não entendeu nada. O cara não criticou o Omelete. Só brincou com o fato de que o site dele é muito menor que o Omelete. Segundo consta, o diretor tem poder pra decidir o final de um filme, haja visto que às vezes eles gravam até finais diferentes, pra decidir qual fica melhor. E, no último ponto, não quer dizer que um cara que não mata seja menos real do que um que mata. É a mesma coisa que tirar a criptonita do super-homem. Ele fica um pergonagem igual aos outros. São as minhas opiniões.

      • caioegonspengler

        Fora que o que o Porco criticou foram AS DECLARAÇÕES do Snyder sobre o porque de sua decisão de matar o Zod e não o filme em sí

    • Cavaleiro do Jumento Excitado (Meteoro de Jirombas final)

      Impressão sua. Aqui nós amamos o Homolete e suas capivaras Umanas, que acham que sabem tudo, mas não passam de um bando de bazingueiros

    • Poderoso Porco

      Éric, considerando que eu tô comentando AS DECLARAÇÕES do DIRETOR do filme, não vi muito sentido em citar roteiristas, produtores, a tia que serve café.
      “Adaptação mais real”? Sério? De um cara que veio ainda bebê de um planeta há anos luz, voa, solta raios pelos olhos, tem a pele impenetrável? Mais real como? Ele pegando ônibus pra ir trabalhar, pedindo redução de pensão pra ex-mulher?
      (e onde eu critiquei o Ovolete? Eu disse que eles tem dinheiro e nós não. Só isso.)

      • Paulo

        Engraçado suas colocações vindo de alguem q defende uma determinada visao de um personagem q não existe. Obvio q ele em si não é realista, mas isso é diferente de querer tirar toda a humanidade do personagem transformando em um ideal vago de bondade.

        • T_m_k

          Gostaria muito de entender suas referências cara. Até agora, todos os comentários seus quando se toca no assunto original vs reboot é que o reboot é sempre melhor, tem que se atualizar pra nova geração, o original é feio, bobo e chato, etc….

          No caso do Superman por exemplo, eu não tenho tanto conhecimento do personagem, de ter lido tanto material dele, então o que vou falar a seguir são apenas interpretações minhas. Também tenho na cabeça a idéia de que o Superman não mata! (essa memória coletiva se preferir) O Superman é sim o ideal. Ele é o que todos os heróis aspiram ser um dia e não apenas um ideal vago de bondade. A história que o Porco citou no texto (subentendida), onde a MM mata o Maxwell Lord, se eu não me engano, o Batman dá uma puta comida de toco nele, por ele ter sido controlado! Ele é a criatura mais poderosa da Terra e não tem esse luxo. Uma das coisas pode ser entendida disso, ao meu ver, é que o Superman não é só o “ideal” porque ele é assim, mas porque ele precisa ser! O que me leva a imagem do Superman lutando contra o Darkseid no desenho da Liga, onde ele fala que o Darkseid não tem idéia do que é estar sempre se controlando, pois devido ao seu poder, tudo a sua volta parecia feito de papel. Como eu disse, são apenas interpretações minhas, mas concordo com o texto do Porco.

  26. paulo

    “Nosso Superman é humano. Ele nasceu em Krypton, mas é humano, assim como todas as suas relações. Ele pode ter superpoderes, mas no final as pessoas pelas quais ele se sacrificaria são humanas. Ele se vê como humano”

    “Além disso, você tem que depender dos seus próprios instintos. Se eu fizesse um filme exclusivamente para agradar os fãs, não surpreenderia ninguém. Não entro online para saber o que estão falando ou achando, isso seria suicídio. Pelo menos não durante a produção”.

    Direto do Omelete.

    • Monolito2001

      E não dá pra surpreender sem descaracterizar o personagem, né?
      O filme já havia me surpreendido positivamente com a morte de Jonathan Kent… Mas ele tinha que fazer o SuperElegante matar o Zod, seria o único jeito de surpreender os fãs, é verdade… Me convenceu… Snyder é um Jênio, tá serto?

      • caioegonspengler

        Sabe o que me deixou puto no filme? não foi a morte do Zod ou pessoas morrerem durante luta, mas o fato do Super praticamente CAGAR pra tudo como arremesar vilões em postos de gasolina no centro da cidade, não se importar com a destruição durante a luta(vide a cena em que se esquiva do caminhão da lexcorp) e após isso assasinar o Zod de forma que era facilmente evitavel.

        Agora neguinho fica dizendo “ideal vago de bondade” “superman surreal” PUTAQUEOPARIU se qualquer um fosse o ser mais poderoso da terra no mundo real e não tivesse um ideal de bondade e moral elevada acham mesmo que ele ficaria de garçom por aí levando desaforo de qualquer babaca?!! ELE SERIA UM ESCROTO DO CARALHO.

        O super do filme tenta forçar esse ideal de bondade, isso mesmo forçar ou esqueceram do “S de esperança” “imagem de Jesus atras do Clark” e o dialogo de Jor-el??? Mas neguinho curtiu o filme porque ficou ababacado com o 3D e fica arranjando desculpa pra convencer que é um bom filme.

  27. paulo

    E tudo isso é verdade. Mas faça dois rápidos exames de consciência: 1) quando você pensa no Escoteiro, ele está matando alguém? O Superman canônico, ideal, platônico da sua cabeça… está matando? Não. O Superman da sua cabeça está ralhando com uma amazona (e, portanto, treinada para matar) porque assassinou um vilão. O Superman da sua cabeça está dizendo que precisa se controlar na Terra para não esmagar as pessoas como formigas. O Superman da sua cabeça está pedindo para o Capitão Marvel parar de bater nele e deixá-lo salvar vidas – e quanto o Superman estiver pronto a matar alguém, a sua consciência, transmutada num pastor presbiteriano sem fé, irá dizer que a essência do Superman é não matar. E 2) Quando você pensa no Superman matando (seja o Superman dos primórdios ou da fase Byrne) a forma não faz diferença? Em resultado, a morte de Zod em Man of Steel é igual à morte dos kriptonianos na fase Byrne. Mas a forma como isso se dá… Passa longe de ser sequer parecido.

    Acho a versão da morte do Zod do Byrne bem mais fria, ele mata mais como punição, no filme ele fica sem alternativas e escolhe a humanidade, aceitando as consequências dessa escolha(sem toda aquela choradeira exagerada da versão feita nos quadrinhos). Na minha cabeça existem duas imagens dele, vindas basicamente da infância, o herói absurdamente poderoso do desenho dos Superamigos, que praticamente resolvia tudo sozinho e nunca errava e a do filme clássico. O Super do filme é um pária, alguém que se reprime. O herói bonzinho e o Clark jornalista e tonto, não são ele, são criações. Trata-se de alguém extremamente reprimido, que pela natureza de seus poderes sequer pode extravasar sua raiva. Ele mata Zod na Fortaleza, ele mente para o Lex lá, ele abandona tudo pela Lois lá, pois somente lá, ele se permite ser totalmente humano(metáfora do filme).Não existe esse herói perfeitinho no filme do Donner.Um dos aspectos mais bacanas do novo filme é mostrar o quanto ele foi reprimido pelo pai humano, e a ira acumulada nele(e no Zod) sendo liberada com a visão de calor. Precisou de várias pancadas com kriptonianos para ele ir soltando sua fúria, se libertando de anos de repressão. Para conter sua ira, ele precisa saber até onde vai com ela, isso só o humaniza como personagem. Ele tem duvidas do que deve ser feito(cena com o padre).Ele não teve qualquer satisfação em matar o Zod(coisa que o Batman teve em matar o Ra’s Ghul, não sejamos hipócritas).Isso torna o filme interessante e bem mais profundo que as palhaçadas da Marvel(tirando os dois primeiros HA e um pouquinho o filme do Demolidor pelas duvidas que o personagem tem).

    • caioegonspengler

      Na do Byrne os Kryptonianos eram de outro universo e eram tão fortes quanto a versão pre-crise do super a haviam destruido a terra , a situação era que lex luthor daquela dimensão conseguiu tirar os poderes deles e os tres ficaram presos numa nave espacial onde morreriam de fome e o super só poderia salva-los levando-os pro universo pos-crise onde seriam invenciveis(a kryptonita so funciona no universo de origem), sendo apenas essas as opções ele achou mais piedoso mata-los de forma rapida, após isso ele entrou em depressão, se isolou, ganhou uma dupla personalidade violentada BLÁ BLÁ BLÁ

  28. mateus

    Cara…o Superman bonzinho e chato aconteceu no filme de Singer q foi uma merda mais foi necessário,esse final abre novas portas…mostra um Superman q ainda esta entendendo seus poderes e nos mostra q ainda ñ pode ser o lider da Liga da Justiça….um exemplo é a destruição em massa….isso cria um circulo de temor do que existe no universo,uma questão sobre os deuses que destruirão cidades e o que mais existe lá fora

    • paulo

      Isso é realismo.Nego se caga de medo dos mutantes na Marvel, mas aceita os Vingadores e o Quarteto?Sem medo?Faz sentido se eles destroem a cidade direto?O Super salvou o mundo, mas existem perdas pela escala da ameaça.Eram aliens com poderes divinos e não um bando de buchas que apanhavam de uma humana que fazia acrobacias. Porra, os Illuminatis(ou seja lá qual for o nome daqueles merdas nas sombras) iam jogar uma bomba atômica na cidade e os merdas dos Vingadores nem sabiam que eles tavam no controle, são mais idiotas que o Esquadrão Supremo.

      • Paulo

        Quem disse q não temem? O satélite no final do filme prova que sim, sem falar do q fizeram com a Lois antes.Mas que país ficaria contra o Super “oficialmente” se ele era a unica coisa entre eles e o genocídio por aliens?Essa aceitação na marra é mais verossímil q salvar helicópteros e gatinhos n primeiro filme.

        • caioegonspengler

          ESSA FOI A RESPOSTA QUE ELE DEU NO FINAL DO FILME PRA QUANDO O GENERAL PEGUNTOU “PQ DEVIAMOS CONFIAR EM VOCÊ?” SUA PUTINHA IMBECIL

    • Monolito2001

      Não vi bem por aí… Esse Super elegante do Snyder não me pareceu apenas inexperiente, me pareceu não estar nem aí pra nada… Vide a cara de blasé dele enquanto exprudia Metrópolis lutando com o Zod.

      Tem uma hora que o Zod sacode um caminhão tanque na direção do azulão e ele simplesmente pula! O tanque bate na porra de um prédio e EXPLODE.

      O Superman icônico, moleque e de várzea não tem como fraquezas apenas a Kriptonia, a magia e extrema força bruta… Em muitas ocasiões a bondade e moral dele se mostram “fraquezas”, acabam prejudicando ele em um combate. Em momento nenhum no filme do Snyder o Super me pareceu preocupado com ninguém… Com exceção justamente da hora que ele mata o Zod, por isso que, para mim, não fez o menor sentido…

  29. Jean R. Lima

    Triste é o que tu tá falando. Gente que leva a sério demais. O Superman do filme não é o Superman dos quadrinhos, que é um conceito atemporal, que foi contruído ao longo do tempo e se mantém forte no nosso imaginário até hoje, mesmo que o Superman nos quadrinhos atuais não seja o mesmo, ou o Superman dos filmes não ser o mesmo. O filme é foda, o final é foda e totalmente justificável dentro do próprio filme. Foda é fanboy pegar referência lá da casa do caralho, traçar analogias lá na casa do chapéu, que não é coeso em nada. Snyder é um bundão que quer ser fodão eternamente sim, mas fez um filme puta bacana.

    • paulo

      Pois é.Todos somos fãs dos filmes antigos, mas esse filme novo é muito bom, realista dentro do possível, com ação no nível dele e sem piadinhas estilo Marvel.O que desejam mais?Um filme horrível, mas que tenha um Super “bonzinho”?Mas nem nos filmes antigos ele é assim, trata-se de um personagem, uma referência para a humanidade e não o verdadeiro Clark, aquele que a Lois conhece na Fortaleza da Solidão, alguém que se reprimiu ao extremo(algo mostrado sutilmente nesse filme) a ponto de desumanizar virando uma caricatura(duas levando em conta o lado jornalista), um pária.Snyder é um retardado, mas ele acertou dessa vez.

      • uklabarbarian

        Acorda pra vida, o filme foi meia boca, esquecível, vale só pelas excelentes cenas de ações, até conseguiu ser mais mal criticado que o mediocre HdFIII e a bilheteria tá despencando, mesmo com o Nolan nos créditos, se convencer do contrário é direito de qualquer fanboy, querer convencer os outros que tem bom senso é desespero

        • paulo

          Eu gostei e quem tava no cinema também(gente normal e não critico de cinema e nerd delirante que pensa ter bom senso).A bilheteria tá muito boa, mas nego quer um bilhão, como se isso provasse alguma coisa.HdF3 é como o filme do Lanterna, uma bosta, mas com um ator principal bom e um personagem bacana(coisa que o Hal não é).

          • uklabarbarian

            “E quem tava no cinema”…excelente, vc conversou com as dezenas de pessoas que estavam lá sobre o que acharam do filme ou ficou na saída analisando as expressões? Parece comentário daqueles caras que comentam no Omelete. E mesmo que tivesse o feito, isso é uma amostragem imaterial.

            O filme teve uma excelente abertura de bilhetaria, muito por causa do hype de filmes de heroi e o nome do Nolan lá, mas teve uma queda atípica nas semamans seguintes, bem mais que as previsões iniciais que tavam chutando que chegaria próximo ap bilhào por essa estreia rentável, , mas não,, e com o Pacific Ring e WorldWar Z aí, agora que vai enxugar o pouco restante. Aliado a isso, as criticas inferiores até ao HDFIII, com esses pontos negativos, não tem como taxar que foi um otimo filme.

            • Várias publicações como a Forbes previam que o filme ficaria entre 650 milhõe e 700 milhões, e de fato ele está caminhando pra isso. Jeff Robinov, ex-picas da Warner andou dando entrevistas que o filme poderia chegar a 1 bilhão, mas a própria o Warner o desmentiu, dizendo que esperava algo em torno de 700 mijones. Quanto a queda nas semanas seguintes, é bom lembrar que uma semana após a estréia, Man of Steel teve que encarar, não um, mas dois Blockbuster “Universidade Monstros” e “World War Z”. HDF3 ficou três semanas sem nehum concorrente de peso. E se bilheteria pequena siginificasse que um filme é ruim, Titanic e Avatar então são clássico. O filme tem seus problemas sim, mas eles não são piores que os problemas de Iron Man 2 e 3, Thor, Vingadores, Amazing Spider-Man e The dark Knight Rises. Man of Steel não é o melhor filme de Super herói, mas está longe de ser um filme medíocre.

              • uklabarbarian

                Bilheteria pequena não, até pq teve uma estreia excelente, mas a queda acima da média de publico nas semanas seguintes aliados diversas criticas negativas, inclusive nos sites mais representativos, até piores que o da HdF III, ( na verdade, até, piores que o Thor se for ver Rotten e Metacritics) , sim, são um ponto que o filme não é bom em um consenso geral, obviamente não vou discutir sua opinião.

                Pra mim, um filme mediano que valeu pelas otimas cenas de ações, mas decepcionou pelo que foi vendido, ainda mais por estar atrelado ao nome do Nolan

            • Paulo

              Meu amigo voce por questões subjetiva s quer transformar em fracasso na marra um dos sucessos do ano e me condena por exemplificar a reacao do público comum?Foi apenas um exemplo pessoal. Eu ouvi gente comentando q não esperava um filme tao bom de um história tão batida.Quantos filmes da Marvel deram esse lucro?A Marvel se chama HdF?

              • uklabarbarian

                Meu caro, Se vc for ver o mercado nacional americano HDF III deu 100% de lucro (200 de custo, 400 de receita), o MOF está na casa dos 20%, devendo chegar a 25% chorando (custo 225, receita 271), sendo que Thor tb ficou por aí nos 20% (custo 150, receita 181), então se o Thro não teve lucro pq a Marvel é só HDF, MOS tb é patético segundo sua lógica.

                E nem entrei no mérito financeiro da coisa

              • uklabarbarian

                Sobre questões subjetivas, vc que tá o post inteiro do Porco tentando “convencer a todos” que o filme é “foda”, não interessa o que a critica especializada tem dito, ou a critica amadora, ou o que os nerds mimizentos reclamando em forums, a queda de publico e etc.

                Quero transformar nada em fracasso, apenas mostrei que a critica, em um consenso geral, não gostou do filme, sua opinião é tua, e não vou discuti-la, mas não adianta ficar em forums tentando mudar essa má recepção de boa parte, inclusive concordo com esses sites agregadores representativos como o Metacritic e o Rotten, apesar de achar que pegaram pesado nas notas baixas

  30. caioegonspengler

    Zod foi a terra por causa do chamado da nave kryptoniana e acaba encontrado Clark, o como todo bom vilão Zod revela a plano de terraformar a terra, por que a terra? porque eles já estavam lá ora bolas não foi uma escolha xenofoba ou de recalque como o Zod dos quadrinhos e de Superman 2, não havia nada que ele tivesse contra o planeta e seus habitantes, era só questão de praticidade.

    Graças ao Super e uns soldados todas as naves kryptonianas(exceto a fortaleza da solidão) são destruidas e o resto dos Kryptonianos jogados num buraco negro exceto Zod, que a partir daí fica puto já que ele era geneticamente criado/programado/nãoseionome para proteger Krypton e seus habitantes e havia falhado em sua missão

    aí acontece a briga predios caindo,gente morrendo, SNAP, NOOOOOOOOOO e um final completamente idiota

    Se fosse o super escoteirão tipico, ele diria a esse Zod pra fazer isso em Marte que era um planeta deserto e que o ajudaria a fazer isso numa boa, eles dariam as mãos ninguem morria e as duas raças viveriam em paz. Eu escrevi isso por apenas um motivo: soltar spoilers pra neguinho que ainda não viu o filme.

    • paulo

      Alguém liga para formigas quando passa por cima de um formigueiro?Zod já tava num planeta com atmosfera parcialmente adequada a eles e tampouco ia levar em conta o que o Super achava disso.

      • caioegonspengler

        Se fosse o Zod tradicional vc estaria certo, mas o Zod do filme queria salvar Krypton e como disse escolheu a terra porque já estava lá, em nenhum momento ele mostrou desgosto da raça humana ou que achava ela inferior, se Super tivesse dito que o ajudaria a recriar Krypton em outro planeta talvez Zod aceita-se sim, MAS é o super do Snyder que preferiu dizer EU QUERO QUE KRYPTON SE FODA, ao inves de conversa.

        • paulo

          Conversar?Logo de cara Zod e cia colocaram ele num laboratório como se fosse um animal a ser estudado e possivelmente dissecado. Ele realmente desistiu do povo dele, mas foi um escolha que o Zod obrigou o Super fazer.E Zod não ouvia ninguém, isso fica claro logo no começo do filme. Se imagina no lugar dele, com um louco vindo para cima de seus parentes, amigos e todo o resto. O Super até foi razoável com o cara.

          • Monolito2001

            Esse é o problema… Pensar: “E se VOCÊ fosse o Superman, faria diferente?”

            Só que uma das características mais fortes do Super é ter um senso de dever e moral muito superior a todos…

            Essa é a merda dos roteiristas atuais (que talvez estejam atendendo a demanda do público dominante, uma merda) querer colocar ações humanas em alguém que não é.

  31. Chocolate de cu

    Tinha de ser estilo Dragon Ball:

    “Ae Gokuu, vim foder a Terra e a humanidade”

    “Sério?? Porra, então vamos quebrar o pau. Mas por aqui tem muita gente, vamos a um lugar vazios tretar”

    “Vamos!!”

    • caioegonspengler

      que dizer que o super não podia levar a luta pra fora da cidade a força? tipo do jmesmo eito que o zod fez ao jogar o “escoteiro” no espaço derrubando um satelite e joga-lo de novo na cidade logo em seguida? não me pareceu ser muito dificil

      • Paulo

        Essa solução duraria quantos minutos? Zod com mais tempo superaria ele, pois foi criado para ser um guerreiro e não um fazendeiro, ele mesmo fala isso.E que lugar desse planeta nao ta entupido de humanos? Ate nos oceanos eles iam cair em cima de gente.Quando ele comecou a pegar pesado matando gente, ele nao fugiu como fez o Super classico, ele resolveu o problema de uma vez.

        • Monolito2001

          O problema é que em momento algum o Super pareceu se importar em DIMINUIR os danos à cidade (vide cena em que Kal simples e displiscentemente pula um caminhão que Zod jogou em sua direção, deixando que ele explodisse em um prédio).

      • Iaia

        Daniel, vc consegue conversar com alguem como gente normal, sem xingar ou algo do tipo? Creio que sim! Concordo plenamente com o post do blog , mas eu so quis dizer que acharam um bom ator para fazer o papel. Pelo menos a fisionomia do cara lembra o Superman, entendeu? So para esclarecer a sua duvida, eu nao baxei foto alguma e nem farei isso!

  32. Por mim, ele até poderia matar o Zod, desde que tenha pelo menos tenha um contexto, um motivo para aquilo acontecer. No Mano Estiloso ele tinha Y alternativas, assim como o roteiro poderia ter dado outras X (como o Zod ter ido para a Zona Fantasma junto com a Faora e o resto da cambada). No máximo, tinha 2 caminhos possíveis: ou o Zod iria morrer ou voltaria para a Zona. Poderia ser qualquer um desses, desde que bem trabalhado.

    • paulo

      Me explica como ele ia mandar o cara para Zona Fantasma sem os motores fantasmas destruídos na tentativa de criar um buraco negro.O Lex ia construir um para ele?O Zod puto da vida e o Super com conversinha?Quer um final feliz para todos?Tipo novelinha da Globo?Tá:Zod é preso, se arrepende, fica pobre(vira pedreiro para construir novamente as cidades que ele destruiu), abraça o Super e vai viver numa lixão.Super casa com a Lois e ambos tem um filho(mesmo sendo alien).Hum…essa do filho o veado do Singer já usou.

      • Monolito2001

        Cara, na cena do filme existiam outras alternativas… Porra, o Super podia ter cegado o merda do Zod ali mesmo… Kal-el Não queria que aquela família avulsa morresse nem queria queimar a mãozinha? Achou mais fácil e justo quebrar o pescoço do Zod? É… Definitivamente não é o Superman…

    • O único jeito de fazer a escolha ser ainda mais inevitável era se o zod tivesse conseguido fulminar um ou dois humanos insetos antes de morrer. E não tinha mais jeito de mandar zod pra zona não, as naves já tinhas ido pro saco e a que ficou estava quebrada.

  33. Suricate é o cu da sua mãe

    Caralho, ceis tão falando disso de novo? Puta que pariu, ele matou UM nego, ele não virou um serial killer… segurem esses cus aí, parece que o Superman dessa merda de filme matou o Zod, a Lois Lane, o Hell, o Poderoso Porco e ainda foi na casa de cada MDM comer aquele cu frouxo das senhoras vossas mães, aproveitando pra dar uns tapas na cara dos vossos pais, aqueles viados de pinto murcho.

    tomanocu

  34. Chocolate de cu

    ENTÃO, PORCO, TENTA EXPLICAR ISSO PARA QUEM VIVE CHAMANDO O SUPERMAN DE BOBO, CHATO, SEM GRAÇA.

    ZACK SABIA QUE SE ELE FIZESSE UM SUPER ASSIM, NINGUÉM VERIA O FILME. A CULPA É DELE OU DA AUDIÊNCIA?? PORQUE AS PRODUTORAS DÃO O QUE O POVO QUER.

    • caioegonspengler

      Normalmente ninguem vai assistir um filme no cinema sabendo de spoilers do final sua capivara, além de que a critica americana desceu a lenha no filme taxandoo até de pior que HdF3

      • Chocolate de cu

        Seu mongol de tetas, a questão não é só o assassinato, é a destruíção em massa. E você acha que essa merda fez tanto sucesso como com a crítica descendo a lenha?? Pela propaganda boca a boca, seu retardado.

        • caioegonspengler

          As pessoas iriam ver o filme porque
          1) filmes de super-herois estão fazendo sucesso nos ultimos anos
          2) os trailers estavam cheios de efeitos e cenas de ação(sem mortes)
          3) o nome do Nolan vende pras putinhas de TDK
          4) 3D que faz bostas como Transformers um sucesso mundial
          5) os nerds

          O filme nem mesmo ultrapassou a bilheteria do Homem de ferro 1 que diferente de hoje era um personagem completamente desconhecido pro publico que não lê quadrinhos, ou sejE era menos popular que o super. E o que eu quis dizer porque vc é retardado demais pra entender o proprio comentario é: ninguem foi pro cinema achando que o super ia SNAPear o Zod poís até os mais leigos sobre quadrinhos sabem que o super não mata(va), todos queriam um filme com muita ação e efeitos visuais, e esses sairam satisfeitos, mas não significa que são a maioria e nem que foram ver o heroi matar o vilão. e pra terminar

            • caioegonspengler

              PRESTA ATENÇÃO, estou dizendo que ele um personagem mundialmente conhecido(não digo popular), sequer ultrapassou o filme do HdF que era desconhecido de TODOS que não lêem quadrinhos e de muitos que liam quadrinhos até o momento, e se eu não me engano o primeiro filme não saiu em 3D, ou sejE tudo isso foi conseguido pela critica positiva do filme, coisa que não está acontecendo com Man of Steel.

                • caioegonspengler

                  Aí é onde você se engana. Dentro dos quadrinhos o Aranha se tornou o heroi mais popular dentro da Marvel desde os anos 70 até a época do filme. Já fora dos quadrinhos a Marvel tentou muitas vezes inseri-lo na tv com live-action e series animadas, sendo que apenas a serie animada dos anos 90 vez o sucesso desejado, sendo que ele, superman, batman, hulk e x-men eram os personagens de quadrinhos que mais apareciam na tv naquela epoca. O homem de ferro por outro lado só apareceu de coadjuvante em series de outros personagens e uma animação dos anos 90 que foi um fracasso total.

          • Esse Super já fez 500 milhões, mais que a temporada toda de super returns. HDF3 não aguentaria encarar o pico de concorrência de verão americano igual super está e mais, pra repetir: Esse pessoal do MDM é limitado. MENTALMENTE LIMITADO! Comparar alienígena bandido ditador destruidor de mundo e genocida com negros e índios vítimas de outros genocidas? Tá de gozação! Não são esses otários fanboys do MDM que babam ovo cabeludo pros filmes do Richard Donner e Christopher Reeve? Eles não vibraram quando no fim de Superman II o Superman deixou um soldado de Zod morrer no fosso congelado da Fortaleza da Solidão, deixou a Lois Lane empurrar a Ursa (Faora) pra dentro do mesmo abismo e não foi o Super quem quebrou a mão de Zod e ainda chutou o genocida coitado para dentro do fosso? E NÃO ESTAVAM TODOS ELES SEM PODERES E SÓ O SUPERMAN FORTE? Naquela situação, qualquer cadeia do Brasil segurava os cara, hoje não tem isso não. MAS O SUPERMAN MATOU, DEIXOU MATAR E DEIXOU MORRER! Quem não critica isso, é mentalmente fraco!

        • Se você observar a bilheteria do filme nos States, vai ver que a maior parte da arrecadação se concentra no início. Ou seja, por causa da propaganda oficial e pela curiosidade, e não pelo boca a boca. Eu diria até que o boca a boca tá derrubando o filme.

          1° FDS – 1° lugar – 125 milhões
          2° FDS – 3° lugar – 41 milhões
          3° FDS – 7° lugar – 11 milhões

          • paulo

            Essa queda acontece com vários filmes e tampouco o público americano é tão importante como já foi no passado.Mais: bilheteria alta não significa filme bom, veja a merda que foi HdF3.

            • Puta merda. Mas vamos lá…
              Em que momento, SUA CAPIVARA, eu disse que o filme era inferior por causa da bilheteria? Eu disse que a propaganda boca a boca não tem ajudado o filme, visto que ele só tem caído (e muito) em bilheteria. Se você acha que uma diferença de 74 milhões na bilheteria entre duas semanas consecutivas é normal, é sinall que você É MUITO RICO OU MUITO BURRO. Aprenda a ler, antes de vir defecar pelos dedos, seu FDP.
              E outra, se você analisar a bilheteria em qualquer outro país, vai ver que segue o mesmo padrão dos EUA. Isso é estatística, seu imbecil. Não preciso ficar citando a Moldávia ou a Birmânia aqui. Basta usar os dados de um trecho significativo (no caso, os EUA), e inferir o resto a partir daí. Novamente: ISSO É ESTATÍSTICA, SEU FILHO DE UMA QUENGA DROGADA!!!
              Aguardo argumentos e não esse mimimi de fanboy que não aceita críticas ao seu filminho predileto.

          • Cavaleiro do Jumento Excitado (Meteoro de Jirombas final)

            a BICHA tá esquecendo que teve a estreia de universidade dos monstros e WWZ

            mongol de tetas

  35. change-lover

    Oi… eu tava passando pelo Jóvis Nérds e vi uma portinha aberta… resolvi vir aqui caçar um pouco ♥…

    ?????
    ???????????
    ?????????
    ???????????
    hummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm…………???

    ué?? CADÊ OS URSOS???

  36. “Se o Superman adere ao “espírito do tempo” ele deixa de ser o Superman, ele deixa de ser uma fonte de inspiração – vira um mané poderoso demais, usando uma capinha ridícula. ”

    Concordo 100%! CALA A BOCA ZÉNAIDER!

    • paulo

      Ainda bem que ele não é um fonte de inspiração, pois toda fonte de inspiração humana, serviu para justificar seus crimes cedo ou tarde.

  37. Chocolate de cu

    Enquanto isso no Terra

    “Telma Pereira
    18/06/2013, 12h20
    NAO VEJO A ORA DE ESTREIA,VI O TREILE E AMEI…
    responder reportar abuso11up2down”

  38. superman voltando as origens,o super como quase todos os heróis dos anos 30(acho que menos o batman) matava,isso mudou durante reformulações do personagem(como em algumas o batman começou a matar) por isso eu não vejo muita surpresa,apesar de que o super da reformulação dos anos 70 que inspirou o superman evangelico do filme clássico é a minha versão favorita,mesmo assim não posso ver como surpresa total,só espero que como a onda dos mullets,simbiontes e outras modinhas e reboots passe e o super volte a ser da versão que eu curto,mas se não voltar espero que tenha pelo menos boas historias

  39. porra vcs são uns cuzoes mesmo , se fica como era antes… reclamam ,se põe alguns toques novos ,o diretor é um merda ..ve se se toca que as coisas precisam mudar…porra…faz melhor e publica ou filma faz um roteiro que a warner aceite …criticos de merda .

    • caioegonspengler

      “faz melhor e publica ” meu caro se vc vai num restaurante pede um prato e quando ele chega o prato é outro, tem pelos pubianos, aranhas saindo de baixo do arroz e vc pede pra voltar, vc gostaria que o garçom disse-se “se não gostou faz melhor”? Não? ISSO SEU FILHO DA PUTA É PORQUE VOCÊ É O CLIENTE QUE ESTÁ PAGANDO E O TRABALHO DO CARA É FAZER O PROMETIDO E LHE AGRADAR ATÉ RETARDADOS COMO VOCÊ QUE SE NÃO GOSTAM TEM TODO O DIREITO DE RECLAMAR… PORRA… CARALHO… VIADO…FILHA DA PUTA… já tinha esquecido como é relaxante comentar aki.

      • paulo

        Vai assistir Lois e Clark, a versão do Singer, o Superboy, Smallville.Escolha um Super para atender teus desejos de “consumidor”.Mas não fique chorando na internet feito uma biba por causa do filme.

        • caioegonspengler

          eu vou assistir e continuar falando mal , porque fazer uma coisa não me impede de fazer a outra, um dia quando for mais inteligente poderá fazer o mesmo

    • Poderoso Porco

      Vejamos: domínio da Língua Portuguesa baixo: Check.
      Fotinha sem camisa com as mãos apoiando os bíceps (“Mamãe sou forte”): check
      Referência a cobrinhas no nome: Check.
      “Não gostou faz melhor”: Check.

      Resulto: Piru-pequeno-necessidade-de-auto-afirmação.

  40. Se daqui a 50 anos assobiar for crime, o Porco vai querer prender todo mundo que hj em dia assobia.
    Enfim, SÓ VEJO CHORO. Um bando de marmanjo chorando pq o filme não acabou do jeito q queria. Gosta do super dos anos 30? Pegue as revistas da época pra ler. Gosta do super assassino? Vá ver a merda do filme do Snyder. Cada um no seu quadrado sem precisar ninguém chorar.

      • Se na mitologia do filme o Super é o salvador Jesus, Jor el é o Pai, Deus e Zod é o diabo. O diabo foi expulso do céu (Krypton) por 1000 anos (os ciclos lá). Aos 33, Jesus, enfrenta a morte do velho Jesus ao deixar de ser o salvador oculto e se tornar o salvador aos olhos de todos. O diabo volta para enfrentar o Jesus. O diabo tá se lixando pros humanos ele quer todos no inferno sofrendo. O diabo vai matar tantos quanto puder e ele quer que a terra seja seu inferno, seu reino. Jesus tem a batalha final, o armagedon com o diabo e JESUS MATA O DIABO. Mata, do mesmo jeito que a Biblia fala que o Jesus de verdade vai matar o diabo depois do tempo que ele passar preso, como está escrito em apocalipse. Nessa briga toda, 2/3 da humanidade morrem. Leia pra conferir.

    • Cara, por mais estúpida que seja essa sua afirmação, ela está sendo usada para DEFINIR LEIS no brasil, como aquela do motorista ser culpado dolosamente do atropelo pois ASSUMIU O RISCO de dirigir bebado.
      É nesse nível que chegou a legislação brasileira: a linha de raciocínio dos leitores MDM.

      • Nãosoucomotumastotentando

        E você acha que o cara dirigir bêbado é algo perfeitamente normal? Que os reflexos reduzidos o motorista não transformam o cara, ao dirigir, em um potencial causador de acidentes? Sejam fatais ou não, que dirige embriagado tem que ser responsabilizado pelos acidentes que causam. Se você não consegue entender este raciocínio, volta pro cu da sua mãe que é de onde você nunca deveria ter saído, seu bosta.

  41. Caldo de Cana, Pastel de Delegado

    Zod é um alienígena e não temos leis para o assassinato de nada não-humano na Terra. —> manda esse senhor fodão visionário ir matar o cachorro de estimação das filhas do Obama, então.

  42. Cantarzo

    Mas esse MDM só tem putinha fanboy pra todos os lados que são reaças (euaheuahe) de merda. Deixem de serem frescos, querem que a porra de um personagem tenha historias contemporâneas com a mentalidade da década de 30? PUTA QUE PARIU!
    Maluco foi criado por humanos e na Terra, não faz sentido ele ser o escoteirinho, o Deus na Terra… ja basta as inúmeras referências de criação e tudo mais, agora querem que ele dê a cara ao tapa tbm?

    • Você é burro pra caralho, hein? Essa merda toda que você tá reclamando falando dos anos 30 é exatamente o que tá na tela. A reclamação é contra o Snyder, que é outro burro pra caralho e joga pro alto todos os sacrifícios do personagem e acha que grandeza é ele ter matado o vilão no final e ficar traumatizado por isso. Trauma teve metrópolis. Não deve ter uma família lá sem conhecer alguém que morreu durante o quebra pau.

  43. Me contrata então, sou hetero. Sou minoria nesta porra.

    Cara, eu concordo com o Porco. Esse filme tem um roteiro bom exceto pela parte onde o Snyder mete a mão e muda tudo, como, por exemplo, o capricho onanístico em destruir a cidade, esquecendo que ela é superpovoada. Era pleno horário de trabalho! TODOS OS PRÉDIOS LOTADOS. Ele não só mostrou desprezo pelo Superman matar o Zod, ele mostra desprezo pela raça humana. Me diz, em que mundo realista a morte de milhões de pessoas pode ser esquecida em questão de meses porque tem um filho da puta voador por aí, salvando uns e outros?

    O filme pode ser um sucesso comercial, mas é irreal no pior sentido da palavra. É lógico que tem uma caralhada de filhos da puta que são burros demais pra sentir empatia e pensar no que aconteceu com os humanos nessa história. Mas são do mesmo naipe dos que acham que ter um amigo negro basta pra se achar no direito de fazer piadas racistas e não entendem comparações simples, como um ser humano é humano mesmo que não seja terráqueo. O Snyder provou com esse filme que temos que agradecer a qualquer entidade, todos os dias, por não existirem superseres no mundo. Aquele finalzinho do filme foi a coisa mais hipócrita e surreal do mundo.

    “Eu cresci no Kansas! Você tem que confiar em mim! ” – provavelmente mais uns 200 milhões de pessoas irão morrer, mas quem se importa, ele é do Kansas, o mundo está salvo. Urrah.

    Esse filme devia ser usado como material didático em aulas de xenofobia. Justifica qualquer atitude contra mutantes, alienígenas ou o que mais aparecer por aí. O mundo não sobreviveria a uma Liga da Justiça do Snyder.

    Mas vai render uma porrada de dinheiro pra Warner.

  44. O Filho do Superman foi foda, agora o Super matador de passarinhos, afe… mais 10 anos de espera pra uma nova leitura do personagem e nego falando dos erros do diretor antigo… , quem sabe um dia a Warner acerte a mão!!!!

  45. Olá Hell, falta dizer que aparentemente o Snyder não entende a sociedade do socialismo cristão. Na mente de alguém como o Snyder, a pena de morte é algo legal, e tem que ser aplicado. Não pensa que o superman é um humanista, como qualquer herói do estilo, existem pessoas humanistas, como eu, que não aplicaria a pena de morte em nem um assassino, e eu acho que o Superman pega um pouco dessa ideologia da redenção do vilão, pois todos ainda podem se regenerar perante o nosso ser humano (como dizia Dostoievski).

    Enfim, acho que a DC, vulgo Warner, lançando um Superman assassino é preocupante, pois não cabe a ele assassinar ninguém, seja nos quadrinhos, nos videogames ou nos cinemas.

  46. Oposto do oposto

    Ainda não vi todo o filme, mas vi pelo menos uns 20 minuto até o Zod morrer. Tudo bem, acho que a idéia poderia ter sido melhor desenvolvida, como colocando o Superman em uma situação mais complicada para toar essa decisão… Talvez se ele tivesse começado a demonstrar um pouco mais de preocupação em salvar os inocentes ao redor e o Zod começasse a tentar de todas as formas matar os humanos ao redor e colocá-lo numa situação onde o Super não pudesse mais mandá-lo para a Zona Fantasma. Quem sabe a porção de espectadores não teria sido mais sensibilizada e entendesse que não tínhamos outra escolha…Sinceramente assisti uma gravação de celular dentro do cinema e não senti todo esse desespero para tomar tal escolha… Talvez asistindo o filme em todos os seus detalhes fique claro para mim que o Super tivesse naquele momento sem ter como enviar mais ninguém à Zona Fantasma e que a única alternativa de salvar a Terra fosse mesmo matando o Zod.
    Independente disso não acho que a idéia seja tão deplorável assim. Tudo vai depender de como vão trabalhar todas as consequências desse primeiro filme na provável continuação. Se o Snyder ainda quiser consertar um pouco as coisas e atender as reclamações, veremos um Superman bem abalado tanto pela detruição causada como por todas as vidas perdidas, tanto de humanos quanto de Kryptonianos.

    PS: mas não tem jeito: aqui no MDM parece que só tem Marveco. Não duvido que se mostrarem o Wolverine dando o rabo pra todo mundo no final do seu próximo filme eles ainda elogiem a “mudança” no personagem… Afinal, se for filme da Marvel recebe umas 5 estrelas antes de assitirem…

  47. O Correto

    Sua analogia foi uma falácia intergalática, Sr. Porco. Diferente dos negros que foram escravizados, dos judeus que foram mortos e escravizados e também índigenas, o Zod estava apresentando uma ameaça REAL para a terra. O certo seria fazer um analogia colocando o Zod no lugar dos nazistas, no lugar dos ditadores africanos que vão nas vilas para obrigar crianças a se tornarem pequenos bandidos sádicos, membros do talibã, ou seja, reais criminosos que apresentam risco a vida de uma ou mais pessoas. Falaram ali em cima se o certo é bandido ser morto/torturado, abaixar a maioridade penal.

    Pergunto aos hiperboláticos de plantão: a vida de um criminoso tem o mesmo valor que a vida de um inocente? Vamos pegar um exemplo real. Avião que atingiu as torres gêmeas. Se você fosse capaz de matar os criminosos que sequestram o avião, vocês escolheriam não matá-los? A vida de uma pessoa que tem como objetivo matar milhares de pessoas tem o mesmo valor que a vida de pessoas inocentes? No caso do filme, o “avião” é a terra e o “terrorista” é o Zod. Levando-se em consideração que o filme tentou dar um toque realista para a trama do Superman, a morte era a única solução para ele.

    • Raposo

      Pergunta cretina, qual a respostinha de merda que tu espera? Se o Podegoso é hiperbolático, tu é extremamente rasteiro na pergunta.
      Partimos do ponto que, sim, é no minimo sensato acreditar que se tivéssemos a habilidade de matar certos criminosos para que se impeça um crime de grandes proporções no âmbito de morte de indivíduos o faríamos. Mas isso de maneira nenhuma validaria o ponto que tu quer apontar. Primeiro porque ainda não temos um instrumento capaz de prever tais ações de tais indivíduos, (sdds precogs), logo entramos no real problema: Não tendo precisão nessa predição, quem decidiria sobre a morte desses pretensos criminosos? Eu? Tu? A Dilma? O Superman?
      Caso o Súpis seja o nosso juiz: Você se sentiria seguro em ter uma criatura alienígena capaz de obliterar nações, voando poraí, com um tendência a resolver problemas da maneira mais imediatista possível e violenta, e que teve como educadores dois senhorinhos do interior americano?

      Veja bem, eu não estou inteiramente concordando com o Porco, acho a discussão desnecessária e preciosista por parte daqueles que defendem o Superman escoteirão, mas peloamordedeus, os comentários aqui no saite estão horrorosos.

      • O Correto

        Não coloquei que necessitaria de uma adivinhação, querido canino. Vamos colocar em um exemplo mais real então, mais próximo da nossa realidade brasileira. Lembrastes do caso Eloá? Se não possui memória, recordarei-o. O ex-namorado da adolescente invadiu a casa dela e fez ela e a amiga de refém. Snipers tinham o namorado em mira mas optaram em não atirar no criminoso. Resultado: ele matou a menina. O exemplo dos nazistas também continua sendo válido. Pessoas com uma ideologia genocida que estava tomando países, fazendo genocídios. Também acha que esse paleativo humanista hipócrita vale? Raios. Não estou dizendo que deve-se aplicar a morte em qualquer criminoso, porém, há momentos que é necessário o uso da força.

    • Monolito2001

      Teu exemplo do avião tá furado só porque não considera os poderes do Super… Ele é capaz de matar os criminosos que sequestraram o avião, mas também é capaz de resolver tudo SEM matá-los. Ele pararia o avião, abriria a cabine, daria uma sova nos bandidos e os levaria à justiça, simples e limpo. O Escoteirão em ação.

      Acho que o problema com quem não vê nada de mais na execução do Zod é simplesmente não verem que o Superman não é uma pessoa com superpoderes, não é apenas física ou mentalmente superior aos humanos, é moral e eticamente melhor também.

      O Super do Snyder é só um cara bacana com poderes… Nada de ícone ou de realmente Super nele…

    • alfredobatepica

      Tô umas semanas sem postar mas tenho que responder essa capivara.
      O Porco não comparo o Zod com negros e judeus, seu animal.
      Ele criticou a justificativa tosca do Snyder de dizer que o Zod não é abarcado por nossas leis. Como os negros escravizados e judeus alemães não eram protegidos pelas leis de suas respectivas épocas.
      Como se o fato de não ser ilegal fizesse o assassinato deixar de ser imoral.
      Entendeu, filho da puta? Ou quer que eu desenhe???

      • O Correto

        Se o Zod fosse como o extraterrestre de E.T ou extraterrestres de Avatar, a analogia seria válida. Se você acha válido, ok amiguinho. Continuarei achando tola a comparação e você continuará achando-me um enorme imbecil. Que sigamos nossas respectivas vidas. Só acho que coisa de feio, bobo e cara de melão apelar para xingamentos, sniff.

        • Cara, você é que não está entendendo. A comparação do Porco não é com relação a posições equivalentes, e sim quanto à uma questão de classificação moral num contexto histórico. Na época, não havia leis para proteger negros, por exemplo, pois eles não eram considerados cidadãos. Talvez no futuro colocaremos animais entre as criaturas que possuem direitos morais. Em Man of Steel, como Superman é Kryptoniano, talvez um dia coloquem os Kryptonianos como cidadãos capazes de possuir direitos. Mas o Snyder não está considerando a moralidade do ato, ele apenas está usando um truque lógico como desculpa para a atitude do Superman. Não se trata da atitude do personagem ser justificada ou não, o problema é que o argumento do Snyder (de que, se não há uma lei escrita, não há crime, moralmente falando) é tosco.

        • alfredobatepica

          Issaqui é MDM, filhão!
          Quer comentários sem palavrões?
          Vá pro Homolete!
          Achou ruim ser zoado por sua capivarice?
          Vá pra casa do cacete!

    • caioegonspengler

      o Zod estava tentando salvar a raça dele e no final o Super além de matar essa chance mata milhares de pessoas. Alias não li seu comentario pq tive a impressão de ser muito retardado então vai tomar no cu e foloda-se

    • Poderoso Porco

      “Não, cara. Como você é burro!” VELOSO, Caetano.
      Filho, pelo amor de deus! Primeiro ponto: não confunda moralidade com legalidade. Porque é essa a desonestidade intelectual que o Snyder usa (não, você nem alcançou a analogia que eu fiz pra eu dizer se você foi desonesto ou não).
      Mas eu vou te explicar direitinho:
      Tomemos, como exemplo, o estado americano do Texas. Lá a Pena de Morte existe. Logo, matar um criminoso condenado é LEGAL (do ponto de vista que está de acordo com a lei).
      D ponto de vista moral, matar um criminoso condenado no Texas é correto? Não necessariamente, isso é discutível. veja bem: a pena capital, no Texas, é indiscutivelmente legal, mas de moralidade questionável.

      Tá acompanhando? Espero que sim. Voltemos aos meus exemplos.

      Na América colônia, escravizar negros e índios era legal? Sim. Moralmente correto? Não necessariamente, era discutível.
      Na Alemanha do Reich, matar judeus e tomar seus bens era legal? Sim. Moralmente correto? Discutível. Taí o senhor Oskar Schindler para provar que era discutível.

      O que estou dizendo é que o senhor Snyder, a anta, está justificando um ato IMORAL dizendo que ele não é ILEGAL, como se moralidade e legalidade fossem sinônimos. E não são.
      Conseguiu acompanhar, filho?

      • O Correto

        “Não respeito carioca da Zona Sul” Lupo, El Grande. Eu cheguei a comentar no post do Change eu acho sobre esse mesmo mimi. Reclamar da darknightização dos filmes de heróis é válido, até concordo. Assim como fizeram com o novo Homem-Aranha. Superman não é tão dark como o Batman? De fato, porém, vocês esquecem que é uma adaptação. Engraçado que eu estava ouvindo um dos podcasts antigos onde repetiam várias vezes que Sin City não é uma adaptação e sim uma transposição ou seja lá o termo certo pois a obra é muito fiel ao original, sem mudanças. Quiseram dar um toque realista no personagem.

        Sobre a analogia, eu continuarei achando desleal. Você deu exemplo de coisas imorais que eram legais em certo período. Eu não vejo imoral matar o Zod, mesmo que tenha sido pelas mãos do Saintman. Creio que não vale insistir nesse ponto. Eu continuarei com o meu pensamento “prassinha” e você com seu pensamento pseudo-humanista hiperbolático.

  48. Dono da Verdade

    O cara fala, reclama, chora, e no final vem comparar um alienígena insano com negros e judeus. Por favor, perdeu toda a mortal nesse ponto também.

    E como eu já disse aqui, o assassinato do Zod pode vir a ser (na sequência) um ótimo ponto a ser explorado, determinando a personalidade que vocês, cuequinhas de aço, tanto choram pra aparecer. Algo bom a ser explorado, sim senhor. Agora, se o Snyder vai seguir isso são outro quinhentos.

  49. “No final, o Superman que termina nosso filme nunca existiu antes.

    Dada a frase acima, assinale a alternativa correta:

    A) O diretor está acusando o Superman de ter acabado com o fime dele, veja só, que filho da puta.

    B) O Superman termina com o filme, e não o contrário.

    C) Se o Superman nunca existiu antes, é o mesmo que acontece com o Superman do Brian Synger: ningúem considera.

    D) Se você for quebrar o pescoço do seu amiguinho, você nunca vai ter existido antes disso.

  50. Dick ViNgarista

    Engraçado o Porco é puliça, ele sabe muito bem oque a puliça faz quando um bandido reage a prisão e tenta matar alguém pra escapar, ou faz um refém, eles matam mesmo e ninguém chora pela morte do “coitadinho”, será que super-vilões são tão diferentes assim, porque um vilão não é nada além de um bandido com super poderes, nos quadrinhos os direitos “humanos” dos vilões são mais respeitados que o dos humanos de verdade.

    • Monolito2001

      Não acho que sejam os super-vilões que sejam diferentes dos criminosos da realidade…

      São os Super-heróis que são diferentes de nós.

      Seja o Batman que se volta contra a Liga por terem lobotomizado o Dr. Luz (lobotomizado “apenas”, não matado) mesmo o vilão tendo estuprado a Sue ou que não mata o Coringa apesar das crueldades reincidentes o palhaço pratica (tendo inclusive matado um Robin [um Robin ruim, mas um Robin]). Qualquer um de nós, com a grana dele, teria superado o luto dos pais e curtido a vida de playboy…

      O Superman poupa a vida do Lex Luthor mesmo sabendo que, não importa onde prendam o careca, ele vai dar um jeito de se safar e seguir com seus planos megalomaníacos.

      São seres que podem fazer muito mais do que podemos, mas que muitas vezes não fazem TUDO que podem simplesmente por não ser o certo a se fazer. Os super-heróis (em especial o Superman) eram ícones… Apesar de capacidades muito superiores mantinham seu código de honra inabalado, tendo que trabalhar muito mais para resolver uma situação sem matar, aleijar ou coisa parecida.

      Sem contar que na morte do Zod existiam muitas outras soluções mais óbvias do que matar… Porra, enfiava um dedo em cada olho daquele puto e cegava o cara (e olha que até isso eu já acho que seria pesado para o Super)… Ou o Super do elegante Snyder não quis queimar o indicados e o dedo médio, aí preferiu matar o Zod e gritar pra compensar o crime que acabara de cometer…

      Enfim, espero que esse reboot morra aí, com o pescoço quebrado que nem o Zod. Super é meu herói favorito, mas aguento esperar uns 5 ou 7 anos para que um diretor que respeite o personagem e não queira dar uma de estrelinha faça um filme realmente bacana…

      • Dick ViNgarista

        E, e quase ninguém comprava mais a revista dele, justamente porque a muito tempo encheu o saco esse negócio de Superman “Paz e Amor”, eu mesmo já fui fã do Superman, mas com o tempo toda aquela bondade virou retórica tipo o discurso da vovó, e as pessoas perderam o interesse, e como eu escrevi hoje aqui no MdM, o Superman chegou num ponto em que, ou eles mudam totalmente o carater do personagem, ou matam ele de uma vez, porque depois de 75 anos não tem mais nada de novo pra acrescentar na cronologia do herói, tudo culpa dessa tal de “franquia” que existe nos EUA, se uma coisa ainda pode dar dinheiro eles sugam até a ultima gota.

    • Poderoso Porco

      Vigarista, eu ia te responder especificamente sobre o filme e a realidade, mas o Monolito2001 (sem macacos) deu uma aula aí, irretocável, vou ficar quieto sobre isso.

      Mas sobre mim e a minha profissão. Sim, eu sou policial. Sim, eu ando armado.
      Não, eu não tenho autorização pra matar. Só o 007 tem.
      O que a minha profissão me dá é uma justificativa para tanto. Se eu matar, SE for uma situação de trabalho, SE a morte ocorrer em legítima defesa minha ou de terceiros, a minha ação PODE ser justificada – e portanto, atenuada. Nunca autorizada.
      Faz muita diferença.
      Agora releia o comentário do Monolito2001, pra tentar entender porque a sua comparação é descabida.

  51. O Superman? Sim, matou.
    Seria melhor se não matasse? Sim, seria.
    Tem necessidade de tanto absorvente estourando por causa disso? Não, porque ele se importou com as mortes.
    banco de menininha reclamando, porra vai se foder … daqui a pouco tão falando q ele é muito pacifico … parem de dar bote c/ o cú

  52. eu mamei nos peitos da sua mãe

    Esse comentário do snyder não faz sentido nenhum. kkkkk, ele diz que o superman nunca desrespeitou as leis humanas, mas age acima dela, matando sem nenhum remorso e causando um prejuízo enorme aos cofres públicos com a destruição que causa na cidade. O superman virou o apolo hetero (ou não)

  53. SALVADOR

    Sério,eu acabo notando que a opinião dos MdM é um pouco bipolar,não vou dizer que matar o Zod era o correto,mas sempre ouço os senhores falando que querem quadrinhos descompromissados,divertidos,ai quando um autor faz isso,reclamam pois comparam a Alan Moore,pois não basta apenas ser bom,isso se encaixa nos filmes,o Snyder deu algum deslizes,sim isso é fato,mas isso não atrapalha a qualidade do filme,pois é outra visão,podemos até criar uma analogia com uma outra terra das 52,mas o mais importante,vejo você sacaneando site que levam a cultura nerd a sério,e agora veem vocês dando achaque de bambi “aiinn porque não é o meu superman,ele tinha que dar uma lição de moral no zod e prende-lo na febem”,cara senta na porra da cadeira e assiste o filme e se divirta,pois como uma vez o Change falou “são só quadrinhos” ou filmes tanto faz,não leve tão a sério,apenas se divirta,e vai comer uma buceta e ganhar dinheiro na vida que isso sim é importante.

  54. Jean "Free" Willys

    A batalha entre o Superman e o Zod terminar em morte faz sentido, o grande problema não é a morte em si, mas sim a forma como foi feita, existe uma chance de concertar isso na seqüência, criando desdobramentos psicológicos no Super, MAS, duvido muito que a MULA do Snyder vai seguir esse caminho…

  55. Eu irei finalmente assistir o filme hoje a noite com a patroa e uns amigos, mas eu já disse a todos eles que vou pré disposto a não gostar do filme. Vou assistir porque sou uma puta paga que gosta de conferir os filmes de super-heróis no cinema. Esse não é o Super que cresci lendo/assistindo, é apenas mais um personagem que o Snyder “massaveizou” ao extremo e que tem a pachorra de querer justificar a imbecilização com o pretexto da modernidade.

    E antes que digam “então para que você vai assistir no cinema, sua bicha(viadu)”, eu respondo: PORQUE EU SOU RYCA E EU POSSO, BANDO DE BICHA POBRE!
    IUAHIUAHIUHAIUHAIUHAIUHAIHUIUAHIHAIHAIHAIUHUAIHAUH

  56. Dick ViNgarista

    “Vocês estão sem assunto? Me contratem pra escrever então, eu sou geógrafo!”

    Bem, uma das maiores atrações do MdM era o bullying contra o falecido Corto, de 10 comentários 6 eram ofendendo o dito-cujo, principalmente quando estavamos cagando pro post, acho que devem uma chance pro Siqueirinha, seria um substituto a altura.

    • Raposo

      É NÉ? O MUNDO TA MUITO AGUA COM PERA, BANDIDO TEM QUE MORRER, SER TORTURADO PELA POLIÇA, TEM QUE BAIXAR A MAIORIDADE PENAL TAMBEM, APROVEITA E DEIXA OS NORDETISTOS MORREREM DE FOME PRA NAO VOTAR MAIS NO PT TAMBEM

    • Preston

      Falou tudo! Um lado é discutir se vc pudesse salvar milhares de pessoas inocentes e parar a destruição e vc tivesse que apenas parar uma pessoa se vc o faria! Outra é se o SuperMan dos fanboys exaltados tivesse que tomar a mesma decisão se ele seria “humano” suficiente para fazer ou seria “inocente” a ponto de deixar essa forma destrutiva continuar a dizimar o seu planeta, a verdade é que sim! Ninguém é tão burro, nem mesmo o Superman

  57. paulo

    Mas o q vocês esperavam de um diretor putinha dos Illuminatis?Os filmes dele são cheios de bodes, militarismo, sutis referências a pedofilia,sacrifícios de sangue,Nova Ordem Mundial, etc.Claro q o Super tinha q ser matador.

    • Esse pessoal do MDM é limitado. MENTALMENTE LIMITADO! Comparar alienígena bandido ditador destruidor de mundo e genocida com negros e índios vítimas de outros genocidas? Tá de gozação! Não são esses otários fanboys do MDM que babam ovo cabeludo pros filmes do Richard Donner e Christopher Reeve? Eles não vibraram quando no fim de Superman II o Superman deixou um soldado de Zod morrer no fosso congelado da Fortaleza da Solidão, deixou a Lois Lane empurrar a Ursa (Faora) pra dentro do mesmo abismo e não foi o Super quem quebrou a mão de Zod e ainda chutou o genocida coitado para dentro do fosso? E NÃO ESTAVAM TODOS ELES SEM PODERES E SÓ O SUPERMAN FORTE? Naquela situação, qualquer cadeia do Brasil segurava os cara, hoje não tem isso não. MAS O SUPERMAN MATOU, DEIXOU MATAR E DEIXOU MORRER! Quem não critica isso, é mentalmente fraco!

  58. Deatherminator Fantasma

    Porco, mesmo se o Snyder tivesse lido o Superman: Paz na Terra, ele não teria entendido poura nenhuma, aquela HQ mostra o verdadeiro Super, na verdade ate o desenho da liga, a frase do super no final mostra o que e o personagem

    o problema e que nego e hipocrita e fala merda o ponto de dizer, MASSSAVEIO E GOKU, ELE MATA GENTE E O CARALHO A 4

  59. Cara, eu até não me incomodo tanto com o Super matando o Zod no final, pq eu quero mais é ver novas versões dos personagens mesmo. Mas a maneira que foi feito ficou uma BOSTA, e essas explicações do Snyder são lamentáveis…é o que eu digo desde 2009, esse cara é um nerd punheteiro de 13 anos viciado em animê.

  60. Miuri_Nei

    “Me contratem pra escrever então, eu sou geógrafo!”

    Ai sim ein Porco, relembrando os falecidos…por falar nisso cada o Bosta do IT?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: